Ricardo e Vicente

CriticalMassBrazil[2]

Ricardo atropelou propositalmente dezenas de pessoas, ferindo pelo menos 20, pois não gostou de ter de esperar alguns minutos atrás de um grupo de ciclistas que protestava por uma  cidade mais humana.

Vicente danificou alguns objetos enquanto lutava por aquilo que acreditava, um mundo mais igual onde uns poucos não lucrem em cima do trabalho de muitos.

Mais de 6000 pessoas assinaram um abaixo assinado condenando a atitude de Ricardo Neis, o atropelamento repercutiu mundialmente, aconteceram homenagens em diversos países em solidariedade com as vítimas de Neis.

Mais de 2400 pessoas assinaram uma petição pedindo a absolvição de Vicente e outros cinco réus, que eram apenas alguns entre milhares de manifestantes que lutavam contra o aumento da tarifa em Porto Alegre.

O crime de Ricardo Neis foi gravado em vídeos de vários ângulos, dezenas de pessoas testemunharam dando o mesmo relato.

As únicas evidências contra Vicente foram o depoimento de um policial militar e fotos onde aparecia segurando uma bandeira.

Vicente participava de uma manifestação popular e não machucou ninguém.

Ricardo atacou uma manifestação popular e pelo menos oito de suas vítimas foram parar no Hospital.

O crime de Ricardo foi cometido em fevereiro de 2011. Acusado de 11 tentativas de homicídio triplamente qualificado, passaram-se quatro anos e ele ainda não foi a julgamento.

O suposto crime de Vicente teria sido cometido em junho de 2013. Um ano e meio depois, ele já foi julgado e condenado a um ano e meio de prisão por “dano ao patrimônio público e crime ambiental”.Ricardo usou um carro como arma, Vicente foi fotografado com um mastro de uma bandeira.

Ricardo é bancário. Vicente é anarquista.

Ricardo tem dinheiro para pagar bons advogados. Vicente não.

Ricardo é branco. Vicente não.

Ricardo está livre. Vicente não.

 

Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

24 respostas para Ricardo e Vicente

  1. Érico disse:

    palavras fodas

  2. Felipe X disse:

    A diferença no tempo dos julgamentos realmente é assustadora.

  3. Pablo disse:

    Eu sempre digo. O judiciário é o mais podre dos poderes. Não adianta atacar ou condenar a Dilma, Aécio, FHC ou partidos X ou Y. Enquanto a justiça for esse chiqueiro os crimes contra pessoas, sistema financeiro, saúde, patrimônio, integridade física, integridade moral… continuaram exatamente iguais.

    • José Newton Lopes Leal disse:

      Por isso defendo que, de todas as reformas que devem ser realisadas, a prioridade deve ser a do Judiciário e seus apêndices, MP, Def. Publica, TC’s, etc… Sem que essa reforma seja realizada, as demais, mesmo que sejam aprovadas pelo Congresso e sancionadas pela Presidenta, só serão válidas se o Judiciário assim entender.

    • André disse:

      O judiciário segue as normas ditas pelo legislativo. Se o judiciário está uma merda é porque o povo elege palhacos, ladrões e marxistas para o legislativo.

  4. gustavo_horta disse:

    Assim que é. Um só país, uma única nação, mas duas justiças. Uma para os pretos, pobres, putas, povo e petistas. A outra, bem mais amena e boazinha é para os branquinhos, ricaços, psdbostas…

  5. Luciano Freitas disse:

    Ricardo agiu em legítima defesa quando pessoas desconhecidas cercaram seu veículo e ameaçaram ele e seu filho menor de idade. Chega às raias do absurdo dizer que ele fez isso “porque estava com pressa”. É frequente os “defensores de causas nobres” se acharem donos da razão e acima da justiça. É ótimo que o Poder Judiciário demonstre que não cede a pressões e que aplica corretamente a Lei. A Lei é o novo futebol: ninguém entende nada e todo mundo quer dar pitaco.

    Quanto ao Vicente, não tenho como me manifestar pois não conheço o caso. Mas já alerto vocês que vídeos e fotos não são os únicos meios de prova existentes, e que um policial é um agente público, cuja palavra tem fé pública no exercício de suas funções.

    • Marcelo disse:

      Não é só porque segundo a lei o depoimento de um PM tem fé pública que isso signifique que esse depoimento tem real confiabilidade. Taí o exemplo dos tais agentes com fé pública:

    • Armando disse:

      Ninguém entende lei um caralho. A lei e a justiça é feita para o ordenamento jurídico e social da sociedade, mas com um detalhe, e o que importa são os detalhes: para a sociedade branca e com renda, o resto que se foda. Pobre, branco ou negro, dá quase no mesmo não tem direito quase nenhum. E a pretensa independência e falsa democracia dos membros do judiciário é uma ficção. Os indivíduos que podem se dar ao luxo de prestar um concurso público e ingressar na carreira do judiciário é uma fração aburguesada da sociedade que está se lixando para as camadas menos privilegiadas da população, os caras tem um salário infinitamente superior aos demais servidores públicos e pagos pelo mesmo caixa (tesouro nacional) e têm privilégios inadmissíveis tais como auxílio moradia para procuradores com salários que beiram quase 30 mil reais. Quando a tua tese de legítima defesa é uma boa piada digna de advogado de porta de cadeia, vai que cola.

    • André Gomide disse:

      Luciano…está é a versão defendida no processo pelo senhor Ricardo…o MP não concordou com isso meu caro.
      Conheço um pouquinho a lei tb…o texto chama atenção inclusive para esta aberração…Quem pode contratar o melhor advogado tem mais chance de absolvição….simples assim.

    • Flavia Vieira disse:

      Legítima defesa atropelar dezenas de pessoas? Oi????? o.O

  6. guilherme disse:

    Se as frases finais são de antagonismos, sugiro retirar o “bancário X anarquista” caso contrário estas.colocando os trabalhadores explorados por banqueiros em um patamar burguês.

  7. Pingback: Ricardo e Vicente

  8. gustavo_horta disse:

    Este André Gomide, além de misturar assuntos, é advogado de defesa do cara?
    rs rs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s