Projeto propõe mudança no Plano Diretor Cicloviário

João Carlos Nedel (PP), um vereador contra as bicicletas. Foto: Ederson Nunes / CMPA

João Carlos Nedel (PP), um vereador contra as bicicletas. Foto: Ederson Nunes / CMPA

Está em tramitação, na Câmara Municipal de Porto Alegre, o projeto de lei complementar que modifica o Plano Diretor Cicloviário (LC 626, de 15 de julho de 2009, alterada pela LC 710, de 18 de fevereiro de 2013). Pela proposta, do vereador João Carlos Nedel (PP), a implementação de ciclovias ou ciclofaixas sobre as vias de tráfego de veículos não poderá resultar na redução ou na eliminação das faixas destinadas ao fluxo dos mesmos e das áreas de estacionamento.

Também segundo o projeto, a implementação de ciclovias e ciclofaixas deverá ser precedida de adequação do dimensionamento dos passeios públicos existentes e da respectiva via, para garantir a acessibilidade de pedestres, a manutenção da fluidez de tráfego e de estacionamentos e o acesso aos estabelecimentos comerciais. Nedel afirma que a construção de ciclofaixas, optando-se pela redução do gabarito viário de faixas de rolamento e a supressão de vagas de estacionamento, “gera sérios conflitos entre veículos, ciclistas, pedestres e comércio, criando situações de insegurança e ineficiência”.
Como assinala o vereador, o Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano Ambiental (PDDUA) prevê perfil viário específico para ciclovias, aplicável a todas as hierarquias viárias, quer sejam vias arteriais, coletoras e locais. A lei, de acordo com Nedel, estabelece ainda previsão de ciclovia sobre o passeio, determinando espaços adequados para circulação de pedestres, faixa para ciclistas e vegetação. “Assim, quando as condições locais indicarem a implantação do projeto na forma de ciclofaixas sobre a via, é fundamental a readequação geométrica entre passeio e faixa, observando-se os gabaritos mínimos desejáveis previstos no PDDUA, a fim de que proporcionem resultados favoráveis para todos os segmentos da sociedade.”
Texto: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)
Edição: Carlos Scomazzon (reg. prof. 7400)
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Projeto propõe mudança no Plano Diretor Cicloviário

  1. Pablo disse:

    É o Nedel sendo Nedel… Mais um que vai se aposentar de sua carreira política nas próximas eleições.

  2. Luiz Felipe disse:

    É por essas e por outras que quanto mais pensamos que estamos avançando na conscientização não devemos nunca esquecer de reafirmar as conquistas para mantê-las, pois pode vir um arigó desses e por tudo a perder juntamente com a turma do Carroppellari.
    .
    Só pode vir de alguém que anda de carro, óbvio, entre muros e grades, entre estacionamentos, escritórios e apartamentos.
    .
    Como que pode?????

  3. Diego Canto Macedo disse:

    Esse parece ser o momento em que o conservadorismo está esperneando como um bebê mimado e contrariado pela realidade. Um projeto de lei absurdo e que compromete o futuro da cidade. O vereador, por puro conservadorismo e medo, quer que a cidade que está hoje “consolidada” fique como está.

  4. Pingback: Entrevista genial expõe ignorância do vereador João Carlos Nedel sobre mobilidade urbana. | Vá de Bici

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s