Vice-prefeito promete nova Audiência Pública para discutir alterações no Plano Cicloviário.

Em reunião com presença de representantes da Mobicidade, ACPA, Movimento dos Pedestres e cidadãos interessados, o vice-prefeito de Porto Alegre, Sebastião Mello, prometeu a realização de uma nova Audiência Pública com presença de representantes do executivo, da EPTC e da Governança Local para a apresentação e discussão do projeto de lei que revoga o artigo 32 do Plano Diretor Cicloviário. A nova audiência ainda não tem data marcada.

Segundo o Secretário Municipal de Governança Local, Cézar Busatto, nenhum representante do executivo municipal compareceu à Audiência Pública desta segunda-feira, 18 de novembro, por falha de comunicação dentro do governo municipal.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Vice-prefeito promete nova Audiência Pública para discutir alterações no Plano Cicloviário.

  1. Fabio Neves disse:

    Falha de comunicação? HAHAH Eu daqui dos confins do bairro são josé fiquei sabendo que haveria audiência e esses pilantras que “trabalham” (ou deveriam estar trabalhando de verdade) lá não ficaram sabendo por uma falta de comunicação. Agora é hora de entupir aquele auditório pra eles verem que nós não somos os burros de sempre!

  2. Felipe X disse:

    Comunicação… yeah, right.

  3. Felipe Koch disse:

    Governando despoticamente, de costas para o povo.

  4. Gustavo disse:

    Falha de comunicação é pra f…eder. A própria prefeitura já tinha comunicado há umas semanas que não iria mais comparecer em audiências públicas, já esqueceram?

  5. Yuri Flores Machado disse:

    Estão ganhando tempo e manipulando a nossa boa vontade. Penso que as expectativas de diálogo com a prefeitura estão esgotadas. Deveríamos já estar pensando em outras alternativas de mobilização e pressão sobre o prefeito. Imagino o quanto eles devem estar rindo da nossa cara. Deixar claro que eles não têm palavra e as audiências de nada servem para nós. Estão nos manipulando e nós estamos deixando.

  6. Zé Pedestre disse:

    O caminho do diálogo nunca deve ser cerrado, mesmo que seja por manter uma imagem positiva perante as pessoas que ainda não entenderam a gravidade da situação. Acredito que está na hora de articular um lobby cidadão que mostre uma força crescente. Não devemos duvidar que a
    pressão permanente dos grupos, unidos num frente comum, acabará por modificar a política do executivo municipal. Para isso devemos estar dispostos a participar de uma agenda de mobilizações suficientemente abrangente para que, apoiando as prioridades de outros, nossas reivindicações tenham apoio de outros coletivos. EU (A)PORTO ALEGRE!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s