SMIC obriga estabelecimento a remover bicicletário.

1013670_3145687138931_156079921_n

Na quarta-feira, 26 de junho, funcionários da Secretaria Municipal de Produção Indústria e Comércio (SMIC)  exigiram a retirada imediata do bicicletário instalado em frente ao Ánandam Yoga, na rua Ramiro Barcelos, no bairro Rio Branco. Os fiscais informaram que se o bicicletário fosse instalado novamente a empresa seria multada pois havia uma denúncia e que seria necessária uma autorização para instalação de bicicletários. Os fiscais da SMIC, entretanto não souberam dizer onde é possível conseguir tal autorização.

Segundo a equipe do Ánandam Yoga, antes de decidirem colocar o bicicletário por conta própria, tentaram conseguir autorização com vários orgãos da prefeitura – EPTC, SMAM, SMOV, SMIC, etc. – e ninguém soube lhes informar onde ou como consegui-la.

Cabe ressaltar que o passeio público em frente ao espaço de Yoga é bem largo, de forma que o bicicletário não impede nem dificulta a circulação de pedestres.

Enquanto isso, a lei dos bicicletários, que foi aprovada na Câmara de Vereadores, ainda espera regulamentação pelo executivo.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

39 respostas para SMIC obriga estabelecimento a remover bicicletário.

  1. Felipe X disse:

    O que realmente é bizarro é obrigarem a remover e não darem qualquer chance do estabelecimento se regularizar.

    • Marcelo disse:

      É porque eles sabem que não há como regularizar, pois nenhum órgão da PMPA dá essa autorização. Então ou a pessoa tira, ou eles multam.

      • TUPAX disse:

        Sim, mas a ditadura acabou em 1985… Eu acho que se eles fizeram isso…
        Julgo correto: querida smic… tirou um , então põe dois. Agora.

  2. Pablo disse:

    Enquanto isso há centenas de calçadas sob responsabilidade da prefeitura que estão caindo aos pedaços… Me parece que a PMPA está fazendo represália aos ciclistas.

  3. rodrigoX disse:

    então está liberado para colocar qualquer quantidade de bicicletas nesta calçada/endereço. antes havia uma organização, um número racional e finito de vagas, doravante haverá o retângulo total para se colocar bicis. apoiadas às paredes ou umas as outras…quem sabe não vamos lá mostrar ao SISTEMA ARRECADADOR como ficará sem o para-ciclo!? que se deixe uma “trilha”, do tipo fila indiana, para os pedestres, apenas isso.

  4. Pingback: SMIC obriga estabelecimento a remover bicicletário. | Blog Porto Imagem

  5. gabinetevillela disse:

    Tentem a SMURB. Sec de Poa que está cuidando disso, além de ela deter o Plano Diretor, é a responsável por este estudo e autorização. Junto da SMOV.

  6. Enquanto oficinas e lojas de carros puderem estacionar sobre as calçadas e os órgãos responsavéis nada fizerem, e nem tampouco, os passantes denunciarem essa falta de educação e folga continuará em detrimento de serviços de utilidade pública, como são a meu ver os bicicletários em todo tipo de estabelecimentos!

    • Pablo disse:

      Exatamente! Fico puto da cara com os estacionamentos em cima da calçada. Os pedestres tem que ficar se cuidando porque os carros olham somente para o fluxo da pista e dão ré ou cruzam a calçada sem cuidado nenhum.

  7. Marcelo Martins disse:

    Uma solução talvez fosse usar aquele espaço em frente onde têm carros estacionados. Por que não um local somente para bicicletas (bem sinalizado e com segurança)? Vou pesquisar sobre o assunto. Não chamou minha atenção o fato da prefeitura (fiscais) cobrar a irregularidade (se é que realmente é irregular aquele local para biciletas(?)) mas sim, não orientar o cidadão/empresário qual as soluções possiveis….

  8. Pablo disse:

    Offtopic: http://br.esporteinterativo.yahoo.com/blogs/mundo-motor/o-fim-aut%C3%B3dromo-curitiba-ser%C3%A1-enfim-gota-d-060314665.html

    Não quero ser mal interpretado, não estou torcendo contra os carros, mas há sinais bem claros que a “cultura do automóvel” está em queda. Veja que o estopim dos protestos foi o transporte público, ou seja, o deslocamento sem usar o automóvel.

    Acredito que esse momento é o ponto de virada dos automóveis para as ciclovias, calçadas e transporte público.

  9. Netto disse:

    Velho… que nojo disso! Como se este bicicletário roubasse um espaço enorme! Por isso que digo “Quando ninguém faz, não aparece ninguém. Quando alguém faz, aparece um monte criticando”

  10. Ma disse:

    Que barbaridade! Se tem que arrumar e fiscalizar, é certo que não deveria ser por aí o começo! Essa prefeitura é uma VERGONHA !

  11. Ligia disse:

    Vocês falam isso pq não tem nenhum amigo deficiente visual.Se a calada é bem grande pq não colocaram o bicicletário no recuo? A foto é bem clara, colocaram exatamente na calçada, local onde passam deficientes visuais, cadeirantes, carrinhos de bebes… Acho que tem que ter bicicletário sim, em toda cidade, mas não adianta protestar e fazer errado pq é conveniente para os clientes do seu comércio. Assim é fácil, serve pra os outros mas não serve pra mim…
    Uma solução talvez fosse solicitar para eptc para colocar na rua (onde aparecem os carros estacionados). Se eles não podem, solicitem pelo 156, e se ainda assim não der, aí sim protestem para que deem uma solução!

    • Marcelo disse:

      Ligia, o principal problema é que a prefeitura não dá alternativas ou soluções. O ideal seria que eles apontassem um caminho e não simplesmente dizer que não dá e multar, quando a legislação permite esse tipo de instalação.

      • Ligia disse:

        Concordo! A prefeitura tem que mostrar alternativas. Até diz que não dá e tira, mas tem que dar uma alternativa, até pq esse tipo de problema tende a acontecer em toda a cidade num futuro próximo. Precisamos de muito mais bicicletários…

  12. André Gomide disse:

    Estou de saco cheio…depois viro vândalo e o prefeito, minúsculo mesmo, reclama,,,,,já informei ,via protocolo, sobre estacionamento de veículos na Assis Brasil com a Sertório…3 vezes…nunca foram multadas, por smic, eptc, e nem secretária de urbanismo, viu gabinete do Vereador Socias Villela??????????? toda zona norte de Porto Alegre sabe disso a pelo menos
    10 ANOS!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  13. Rafael disse:

    O que dizer diante disso? Que país? Sem comentários…

  14. TUPAX disse:

    Eu acho que esse posicionamento da SMIC é o resumo do sentimento nacional. O cidadão se sente um idiota porque morre pagando impostos por uma estrutura que não está nem aí, imcopetente, pesada, cara e burra – e não aberta a dialogar com a sociedade. Então agora aparece com a cara da SMIC, mas saca o que há por trás? Sentimos que faltam mais pessoas como as do Anandam no Brasil. Essas mesmas que utilizam o melhor, mais verde, o mais sustentável meio de transporte do mundo: a bicicleta. Eu, a minha rua, o meu condomínio e bairro e Porto Alegre precisamos de pessoas DISPOSTAS A FAZER ACONTECER MELHORIAS PÚBLICAS, de uso público. E a gente não se nega a judar, pelo contrário, a galera botando bicicletário e o Estado (SMIC) vindo TIRAR????? Não rola instrução, não rola negocição… aham.
    O que eu desejo para a SMIC nesse momento vale vinte centavos!
    A SMIC exigiu(!!!!!) que fosse retirado bicicletário irregular e mais nada?
    Então declaro a SMIC IRREGULAR por estar CONTRA o que eu (e o BRASIL) desejamos como a postura de órgãos públicos absolutamente ineficientes diante dos cidadãos que pagam caríssimo a eles!

  15. Aldo M, disse:

    A mesma Smic permite a instalação dos bicicletários do Bikepoa em passeios públicos, Há alguma razão de ordem técnica para essa diferença de tratamento nas duas situações?

    • Julio disse:

      O tamanho da calçada. Se prejudicar a circulação das pessoas, não pode. Não interessa se é bicicletário ou caixa com frutas e verduras (dos mercadinhos). Pela foto não dá para saber se prejudica ou não, mas conhecendo a Ramiro, imagino que sim.

      • Aldo M. disse:

        Sempre é possível instalar um paraciclo tipo “U” invertido paralelo ao meio-fio e no mesmo alinhamento das árvores e postes. Aliás, no Banco Itaú quase ao lado há diversas barreiras de canos metálicos de mesmas dimensões dos paraciclos que citei. Talvez o truque seja não chamar de paraciclo para não despertar a atenção da Smic 🙂

  16. lucas disse:

    tem que fazer o seguinte: alguém chega bem cedinho e amarra a bike no poste, só que pro lado da rua. bem à direita da foto dá pra ver que tem um outro poste, daí amarra outra bike ali, e tira uma vaga de carro. ou pelo menos atrapalha, sem estar errado ou contra a lei.

  17. Colocar na calçada aqueles conteiners(lixo todo misturado) que retrocederam c/ a coleta seletiva em POA, pode?! Colocar um bicicletário não…e isso pode ser até criminalizado…

  18. edugreen disse:

    Atitude excelente a de instalar um bicicletário, e lamentável de reprimir sem orientar… nada construtivo! Espero que consigam resolver em breve, e tenho duas sugestões: ao instalar o bicicletário, procurem fazer a bicicleta ficar no sentido paralelo à guia, assim ocupa menos espaço do passeio (realmente estava tomando muito espaço) e procurem usar um modelo de paraciclo que dê mais apoio e segurança à bicicleta, como o sugerido em http://www.acbc.com.br/mobilidade/guia-bicicletario/ Boas pedaladas!!

  19. Pingback: Gabinete cobra regulamentação imediata da lei dos bicicletários | Cidade Mais Humana

  20. cris vigiano disse:

    Isto é uma vergonha! Cada vez mais Porto Alegre é uma cidade para carros e menos para pedestres. A prefeitura “esqueceu” que uma cidade é um sitio habitado por pessoas e não por veículos!

  21. Aldo M. disse:

    Pode ser que o pedido de retirada do paraciclo tenha sido porque pode provocar acidentes com pedestres que tropeçarem nele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s