Thor Batista é condenado por homicídio e mesmo assim voltará a dirigir.

12set2012---thor-batista-filho-do-empresario-eike-batista-na-chegada-ao-forum-de-caxias-na-baixada-fluminense-para-prestar-depoimento-sobre-o-atropelamento-e-morte-do-ciclista-wanderson-pereira-dos-1347481279836_300x300Thor Batista é condenado por homicídio culposo – quando não há intenção de matar – e é condenado a pagar multa de R$1 milhão, prestar dois anos de serviço comunitário e ficará dois anos sem poder dirigir.

A multa pode parecer alta para os nossos padrões, mas precisamos nos lembrar que Eike Batista, pai de Thor, tem sua fortuna estimada em R$19,4 bilhões.  Mas o mais chocante é que, mesmo sendo condenado pelo assassinato de Wanderson dos Santos, utilizando seu carro como arma, Thor ficará apenas dois anos sem poder dirigir.

Ainda falta na Justiça brasileira o entendimento de que, pelo fato de o carro ser uma arma, a licença para dirigir um é um privilégio e não um direito. E deve ser um privilégio concedido somente àqueles que mostram responsabilidade e zelo com os outros. Thor Batista demonstrou total descaso com a segurança e vida alheia e portanto não deveria jamais permitir-se que ele voltasse a dirigir um automóvel.

E mesmo com uma pena tão leve, Thor Batista ainda irá recorrer da decisão.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , . Guardar link permanente.

22 respostas para Thor Batista é condenado por homicídio e mesmo assim voltará a dirigir.

  1. Felipe X disse:

    – Desde o início se disse que pelo estrago no carro ele estava muito acima do limite, e o julgamento confirmou.
    – Ele disse durante o julgamento que a coleção de multas que ele já possuía “multas não eram problema dele, mas sim de alguma secretária”

    Punição? Homicídio CULPOSO, como se não houvesse já um comportamento histórico de desrespeito a segurança dos outros. Vai dar um jeito de não “prestar serviço comunitário” e provavelmente vai dirigir durante os dois anos de proibição, já cansei de ver isso.

  2. Eduardo disse:

    Olá pessoal. Sobre bicicletários. Notei que a maioria dos bicicletários são disponibilizados pelo comércio (supermercados, shoppings, farmácias, etc.). Quem sabe podemos pressionar a Prefeitura para a instalação de bicicletários públicos pela cidade? O melhor seria se os bicicletários fossem colocados na rua, ocupando o equivalente a um vaga de automóvel. Assim, não seria necessário colocá-los na calçada, tirando espaço dos pedestres.

  3. John disse:

    Quando um ciclista atropela um pedestre,que eventualmente venha a morrer, ele deveria ser punido com a proibição de nunca mais poder “pilotar uma bicicleta”? Ou são 1 pesos, 2 medidas?

    • Cite para nós um caso em que alguém tenha morrido atropelado por uma bicicleta, por favor. Com link para a notícia, evidentemente, para que ninguém tenha dúvidas.

      • John disse:

        Não é possível segundo a tua lógica extremista e míope que uma bicicleta andando a uma velocidade de cruzeiro possa atingir um pedestre com força suficiente para fazê-lo cair, e, quem sabe, cair de cabeça em um meio fio? Sabe o que é uma situação hipotética o exercício mental que eu propus, não sabe??

        E não, não tenho notícia aqui comigo, até porque o número de ciclistas é ínfimo.

      • Marcelo disse:

        Wladimir, tu não sabes de nada, todo ano no Brasil dezenas de milhares de pessoas morrem atropeladas por bicicletas, e outras centenas de milhares são feridas e mutiladas.

      • Marcelo disse:

        John, por essa lógica, uma bola de futebol também poderia derrubar uma pessoa e fazer com que ela batesse com a cabeça em uma pedra e morresse. Iríamos proibir ela de jogar futebol? Diferentemente da bola e da bicicleta um carro em alta velocidade em um centro urbano representa um potencial de destruição gigantesco. E é esse potencial que deve ser levado em conta e não a chance astronômica de acontecer uma fatalidade por um comportamento que não oferece risco signigicativo.

    • Olavo Ludwig disse:

      Sim, são 2 pesos e duas medidas diferentes, mais ou menos uns 15kg e 1500kg!

  4. Daniel disse:

    Eu aceito a troca: sempre que alguém de carro causar uma morte perde o direito de dirigir e se algum dia algum ciclista atropelar e a pessoa morrer também não anda mais de bicicleta. Provavelmente teremos uns 5 casos no mundo todo(em uns 20 anos). Tá valendo. Esses motoristas são sempre tão injustiçados… O cara atropela uma pessoa acima do limite de velocidade e ainda encontra alguém achando que uma punição mais severa é demais. Queria ver se fosse um familiar dele…

    • Boa, Daniel. Eu também aceito a troca. Se um dia eu atropelar alguém com tamanha brutalidade que venha a falecer o acidentado, eu mesmo me punirei nunca mais subindo em uma bicicleta. Por outro lado eu fico aqui imaginando: que tipo de pessoa defende um playboy (no sentido mais pejorativo que a palavra possua), provavelmente alcoolizado e drogado, atropelador e assassino?

      • “Se crescem o poder e a consciência de si de uma comunidade, torna-se mais suave o direito penal; se há enfraquecimento dessa comunidade, e ela corre grave perigo, formas mais duras desse direito voltam a se manifestar” (Nietzsche, Genealogia da Moral, II, § 10).

  5. Marcelo, o curioso é que eu não afirmei nada, apenas pedi que ele apresentasse um fato. Defender um criminoso baseado na hipótese de que qualquer um pode cometer o mesmo crime é muita cara de pau. O que mais incomoda é que eu tenho astigmatismo, mas míope eu não sou, não! #chateado. (kkkkkkkk)

  6. Olavo Ludwig disse:

    Perguntei sobre dolo eventual para um promotor de justiça, ainda hoje, na visão dele deveria ter sido indiciado por homicídio doloso, mas no RJ quem manda é o Eike.

    • Adriano disse:

      Deve ser porque o pai dele quem manda, e não porque a Jurisprudência do Brasil entende que só evidencia dolo eventual em casos excepcionais. Deve ser isso mesmo, como ninguém percebeu isso.

    • Olavo, dirigir em alta velocidade, embriagado, atropelar e matar não é um caso excepcional. Os apaixonados por carros fazem isso direto. É bastante normal e natural. E, segundo alguns comentaristas desse post, ciclistas também fazem isso. Mas como “o número de ciclistas é ínfimo”, eles não têm como apresentar uma única reportagem que seja para dar razão à sua hipótese. Até porque, se chegou de carro em casa, deve ter chegado bêbado. E o Google fica muito complicado de lidar num estado etílico avançado.

  7. Pablo disse:

    Curioso é que mesmo ele tendo a condição de contratar motorista ele não perderá o sagrado direito de dirigir.

  8. Beto Flach disse:

    Haha! Esta é a piada do dia!

    Até imagino os meios de comunicação da capital, sob a batuta de seus motorizados patrocinadores, fazendo o maior auê na hipótese de algum ciclista atropelar pedestre e este morrer, como sendo esta a regra geral das coisas, com debates, toda a patota de jornalistas e comentaristas, tv, rádio jornal, etc. etc. dando destaque. É muito engraçado!

    Aliás, conforme o Observatório de Segurança Viária da Espanha: se um carro, de 1.500 Kg, ao trafegar a 30 km/h, 30% dos atropelados saem ilesos, 5% morrem e 65% ficam feridos, imaginem como deve ser esta estatística:
    a) reduzindo-se em 18 vezes a massa do “bólide” (neste caso, um ciclista de 70Kg e uma bici de 13 Kg) e
    b) reduzindo a velocidade do “bólide” à metade (neste caso, “velocidade “de cruzeiro” = 15 Km/h).

    SEGUNDO ALGUNS, DEVE SER FATALIDADE CERTA!
    ORA, VAMOS SER RAZOÁVEIS, AO MENOS.

    Tô imaginando o cara que caiu da cama, bateu a cabeça e morreu. Ou seja, ninguém mais deveria dormir a tamanha altura do chão!

    Cara, é algo surpreendente o esforço que determinadas pessoas fazem pra tentar imputar a ciclistas eventual culpa por ainda mais eventual acidente.

    Sugiro que procurem pulga em lambari pra concluir que é mamífero!

    Tststs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s