Cidade da Bicicleta fechará as portas.

DSCN2465pÉ com grande pesar  que viemos informá-los que a Cidade da Bicicleta vai encerrar permanentemente suas atividades. O imóvel que a Cidade da Bicicleta ocupa foi cedido gratuitamente, a única condição sendo que quando solicitado, teríamos que devolver as chaves. A solicitação chegou e temos até julho para desocupar a casa na Rua Marcílio Dias, 1091.

Fundado em 2011, a Cidade da Bicicleta foi palco de festas, confraternizações, palestras, oficinas, abrigou a Oficina Comunitária da Cidade da Bicicleta, foi sede do LAPPUS (Laboratório de Políticas Públicas), da Mobicidade (Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta), acompanhou o surgimento e acolheu as reuniões de organização de duas edições do Fórum Mundial da Bicicleta, hospedou o Festival Intergaláctico da Bicicleta e tantas outras iniciativas maravilhosas.

Obrigado a todas e todos que fizeram parte desses dois lindos anos de Cidade da Bicicleta, a todxs que doaram seu tempo e recursos para colaborar com este espaço, a todxs que freqüentavam o espaço transformando ele nesse lindo ponto de encontro em que ele se tornou.

É o fim de um ciclo, mas não é o fim de tudo. Estamos à procura de um local que possa abrigar a Oficina Comunitária e, porque não, toda a Cidade da Bicicleta. Se você sabe como ajudar ou tem idéias que possam garantir a continuidade da Cidade da Bicicleta, fale conosco. Vamos continuar pelos nossos sonhos e para transformar toda Porto Alegre em uma verdadeira cidade da bicicleta.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

5 respostas para Cidade da Bicicleta fechará as portas.

  1. Vanessa disse:

    Por que estão pedindo de volta? Vão construir um prédio? Agora que o Sgarbossa se elegeu não precisa mais da cidade da bicicleta? 😦 triste…

    • Marcelo disse:

      Sim, vão construir um prédio, mas não tem nada a ver com a vontade do Sgarbossa. Foi o proprietário do imóvel que o pediu de volta, para construir um prédio, sim.

  2. Bagual disse:

    Bom, tenho uma sugestão: iniciem uma campanha de crowdfunding no catarse (ou qualquer outro) para alugar um imóvel e servir aos mesmos propósitos, e quem sabe outros. Eu contribuo com uns pilas.

  3. André Gomide disse:

    Que pena….qual a construtora? Me ocorreu uma coisa, será que não haveria uma proposta irrecusável bem a típica para retirar um espaço de contestação e fomento de ideias ? hj em dia não duvido de mais nada….infelizmente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s