Insistindo no erro.

Ignorando os apelos e a experiência empírica de diversas pessoas que caíram devido à falta de aderência da tinta utilizada na pintura as ciclovias, a EPTC começou hoje a pintar a nova ciclovia da Avenida José do Patrocínio – obra que deverá ser entregue até o final de maio.

imagem103240

A pouca aderência da tinta, especialmente com a presença de água, já causou diversos acidentes, envolvendo inclusive fraturas, e há a possibilidade de ter causado pelo menos uma morte.

A solução é simples, e inclusive reduz o custo das obras: as ciclovias não precisam ter sua superfície completamente pintada, bastar uma faixa vermelha nas laterais, para identificá-la. Nos cruzamentos sim, que a pintura ostensiva ajuda, nesses casos pode-se misturar microesferas de vidro à tinta, que ajudam a aumentar a sua aderência.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

21 respostas para Insistindo no erro.

  1. Marcus Brito disse:

    O certo mesmo seria utilizar asfalto pigmentado ao invés de pintura. Mas esse tipo de técnica, junto com a avançada tecnologia do rolo compressor, pelo visto foram perdidos para sempre na nossa sociedade moderna.

  2. Felipe X disse:

    Que é isso!!! O sr prefeito tem postado fotos dele pedalando nas ciclovias com o piso molhado. Isso prova a segurança!

  3. Diego Canto Macedo disse:

    Incrível!! A EPTC chegou a conclusão que deveria pintar as ciclovias com essa tinta vermelha para ficar como uma “marca registrada” das ciclvovias de poa, pois ela fica bem “vistosa” para os motoristas. Após muito relatos dos problemas, a EPTC ignora essa questão de segurança dos ciclistas e continua pintando. Isso prova que as pessoas que estão no projeto das ciclovias ou pedalam muito pouco ou nada.

    • Aldo M. disse:

      Eu ouvi essa mesma explicação diretamente de um engenheiro da EPTC. Lamentável! O objetivo da pintura dessas ciclocoisas é puramente cenográfico: as fotos ficam mais bonitas nas inaugurações do Fortunati.

  4. Leonardo disse:

    E ninguém vai fazer nada? Vão lá, pintem com algo mais aderente ou joguem um removedor de tinta, ou se deitem e interrompam a pintura. Bora fazer alguma coisa.

  5. Mario disse:

    Tenho uma dúvida que foge um pouco esse assunto um tanto lúbrico: e as bicicletadas que começam ali perto e seguem pela José do Patrocínio? Seguirão da mesma forma aos olhos do público? Realmente tenho receido da reação dos motoristas. “Toma, agora vocês tem uma ciclovia”.
    Acabo de testemunhar um atropelamento de pedestre e os mimimis imperam: “mas ele tava fora da faixa”, etc.
    Eu prevejo uma necessidade de mudança de rota: não mais iniciar pela José do Patrocínio mas sim iniciar na Travessa do Carmo, João Alfredo e seguir embora pela Loureiro.

    • Ricardo disse:

      A Massa Crítica não é apenas uma manifestação que pede apenas a construção de ciclovias.Ela também é uma reinvindicação dos espaços públicos(ruas e avenidas) pelas pessoas e não pelas máquinas.Independente da construção da ciclovia da José do Patrocínio,a Massa tem que continuar tomando conta da rua inteira enquanto passa;neste momento,é a vez dos não motorizados tomarem conta da cidade!

      • Antonio disse:

        mas por que a saida tem que ser por ali? acho que na hora se pode decidir uma outra saída, até para não dar margem a estes comentários. E também para variar o trajeto.

  6. airesbecker disse:

    Esta tinta vermelha é para os eleitores verem.

  7. Veve disse:

    Ciclovia que os pedestres não respeitam, quando ando tenho que estar cuidando eles para não serem atropelados!

    • Aldo M. disse:

      Tecnicamente, não são ciclovias, mas calçadas em que a Prefeitura permite o trânsito compartilhado. São chamadas de ciclovias por questões de marketing apenas.

  8. Edster disse:

    Normal, a prefeitura acha que bicicleta só deve ser usada em domingos de sol, para passear. Eles não enxergam além disso.

  9. Proponho pintarmos estrelas brancas neste fundo vermelho no lugar em que caíram ciclistas as minhas podem ser na esquina da Mucio e na metade da rua da Ipiranga entre a Borges e a Edivaldo. Vá ver que eles trocam a tinta rapidinho. To de saco cheio desse papo babaca da Prefeitura, os caras são muito asnos; nem uma ciclovia sabem construir depois querem fazer dutos subterrâneos que não afundem na chuva, não tem como

  10. Ílson Bolzan disse:

    Bahh, eu topava fazerr um molde de bicicleta quebrada pra pintar nas ciclovias.

    E agendar uma raspagem coletiva nas que já estão prontas.

  11. Olha, eu acredito que estas Pseudo Ciclovias que nos leva do nada para lugar algum são meras obras para tapar a boca de Cicloativistas. E acredito que não vá mudar nada a curto prazo (menos ainda a longo prazo) enquanto não tratarmos o problema da raíz do problema.

    O problema é cultural e são muitos… Jeitinho Brasileiro, Lei de Gerson, Ignorancia Politica, Ignorancia Cultural, Desrespeito ao Próximo e não menos importante o Egoísmo!

    Somos todos culpados por eleger os mesmos Politicos que se revezam no poder fazendo Merdas, metendo a mão no dinheiro e com certeza vai se reeleger na próxima eleição a alguma coisa… enquanto isto a maioria de nós ficamos inertes e bombardeados por tanto absurdos… que Homicidio, Roubo, Furto, Drogas, Bater em Mãe e etc… viram coisas normais.

    Sinceramente eu participei de uma Massa Crítica e não gostei do que vi. Não me senti a vontade com alguns gritando palavras de ordem, outros revidando provocações de ignorantes e o foco principal… A Bicicleta como meio de transporte do futuro, em segundo plano. (Não me xinguem, este é apenas o MEU ponto de vista). Eu acredito que a Massa Crítica seria mais efetiva se todos os membros se esforçarem para fazer algo que eu faço desde 2001: Toda vez que eu saio para pedalar eu tento a convencer uma pessoa a ir comigo! Já converti vários amigos… estes que inclusive participam da Massa Crítica de Belo Horizonte e jogam BikePolo… Pasmem… um deles fumava 2 maços de Malboro Vermelho e derrubava uma Coca-Cola dois litros todas as noites… dormindo 4 horas por dia! Me orgulho de ter colocado a bike na vida deste camarada!

    Olha que interessante: “Uma Bicicleta!… Um carro a menos!” Certo? Mas o que podemos fazer para atrairmos mais pessoas para pedalar? Hunnn? Ok!

    – Eduque bem suas crianças e por que não, se a liberdade permitir as crianças proximas a você? Cultuar um esporte… Não deixe que seu filho(a) se deixe levar nesta onda de alienados em Playstation, Facebook, Justin Biba e deus me livre guarde… o quadradinho de 8! E se ver alguem educando errado uma criança… como a louca espancadora de Poodle… não fique inerte! Denuncie! Tome uma atitude protecionista quanto as nossas crianças!

    – Não seja um Ignorante Político! Vá estudar um pouco… Leia livros e como alguns Políticos conseguiram mudar (ou fuder!) com a vida de milhões de pessoas. Ooooo raiva que me dá quando falam que odeiam política mas reclamam de tudo a sua volta e nem lembram em quem votaram na eleição passada. (Será que com a Manuela esta ciclovia saia do papel?!) E irei dizer uma coisa que quero que todos que leram este texto até aqui pensem? Já pensaram em se unir e tentar se eleger? A Vereador… Deputado… qualquer coisa que represente a voz do grupo?! Pela quantidade de pessoas pedalando na Massa Crítica que eu vi a dois anos atrás…. eu garanto que se todos fossem unidos somando os parentes… pelo menos um candidato a vereador seria eleito em Porto Alegre! Abra a sua mente para Política! Não deixe os bandidos se interessarem mais por política que você!

    – Simpatize por causas Nobres e seja Solidario! Vi um monte de “Estudante” quebrando o pau na frente da Prefeitura…. Um monte de ciclistas querendo colocar fogo no Ricardo Neis… mas infelizmente, quando os professores precisavam de apoio… um monte de gente virou as costas e fingiu que esta educação em constante decadencia, não era problema dele. Tinha mais gente na marcha da maconha que defendendo os professores! 😦

    – PARE DE BOTAR A CULPA NOS DIREITOS HUMANOS! A Declaração dos Direitos Humanos foi o melhor texto para tentar botar ordem nas relações entre Humanos! Caso você critique a declaração dos direitos humanos ela está aqui:

    http://www.ohchr.org/EN/UDHR/Pages/Language.aspx?LangID=por
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Declara%C3%A7%C3%A3o_Universal_dos_Direitos_Humanos

    E o meu preferido… http://br.youthforhumanrights.org/

    Antes de citar a Declaração de Direitos Humanos como a grande culpada das barbáries cometidas neste País… Leia! E sinceramente… se você não entender ou ao menos tentar aplicar-la em sua vida… Vá morar em uma ilha deserta ou saia deste planeta.

    – Já falei em educar melhor as Crianças?

    – E claro… pedale… com gosto… seja chato chame um amigo para pedalar! Convença seus parentes a pedalar! Bote até a sua avó para pedalar! Quanto mais pessoas você conversar e convencer a pedalar… mais rápido será a mudança de cultura na sociedade! Se tiver grana mais ou menos sobrando (Hahaha! Ai ai…) mantenha duas Bicicletas… e quando aquele seu amigo der a famosa desculpa: Haaaa… mas eu não tenho bicicleta… Use a minha! 🙂

  12. Pingback: Ciclovia da José do Patrocínio: mais do mesmo! | Cidade Mais Humana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s