Combatendo violência contra ciclistas

O ciclista Lucas Panitz nos enviou informações sobre uma iniciativa fantástica dele para apoio aos ciclistas de Porto Alegre e Região Metropolitana.

Devido a falta de livre acesso às estatísticas da EPTC e falta de levantamentos sobre agressões verbais, foi criada uma ferramenta com o objetivo de mapear coletivamente os locais de incidência de crimes e infrações contra ciclistas. Através dela será possível criar uma base estatística geolocalizada de caráter público, participativo e transparente.

A proposta é transformar esta ferramenta em um site com vários dados para ciclistas – crimes cometidos, ciclovias e ciclofaixas existentes, locais de paraciclo, e que seja uma ferramenta colaborativa aberta a toda população. Com o tempo será possível fazer um acompanhando espaço-temporal dos crimes e propor ações educativas, diminuição da velocidade e criação de ciclovias e ciclofaixas nos locais mais perigosos.

Bike Crimes POA

ATENÇÃO: Esta é uma versão de testes, quem quiser enviar sugestões favor contatar o Lucas. Há a possibilidade de usar a ferramenta em Smartfones, e está em estudo. Ciclistas e geógrafos que queiram ajudar na construção e atualização da ferramenta também são bem-vindos.

A ferramenta foi construída com a tecnologia do Crowdmap, que é de acesso livre, criada para mapear ações políticas, movimentos e demandas sociais urgentes. Qualquer um pode fazer o seu próprio. Dúvidas podem ser mandadas para o email constante no site ou para Lucas mesmo. 
 
Anúncios
Esse post foi publicado em caos no trânsito, ciclismo veicular, mobilidade, Porto Alegre, segurança. Bookmark o link permanente.

10 respostas para Combatendo violência contra ciclistas

  1. Fernando disse:

    Cara, boa idéia. Alguém sabe se existe alguma API do crowdmap para submeter novas incidências / relatos? Estou pensando em criar uma app que integra com o site do Lucas, usando o Foursquare pra pegar a localização + Facebook (postar o relato). Isso pra iOS. Let me know, valeu!

  2. Lucas Panitz disse:

    Oi Fernando, não recebi tua msg no FB, mas tudo bem, segue meu email lucaspanitz@gmail.com

    Não entendo muito bem do funcionamento da API, mas me escreva e vamos conversar, quem sabe encontramos resposta pra isso ok? Abração!

  3. Bagual disse:

    Bela iniciativa! Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s