Números

Acidentes – Números

  • 193,2 Milhões de Brasileiros(estimativa IBGE para julho 2010)
  • 1.400.000 Km de estradas, sendo apenas 18% asfaltadas
  • 60,6 Milhões de veículos, desses, mais de 14 milhões possuem mais de 10 anos de uso. (Abril/2010)
  • 53 Milhões de CNH (Carteira Nacional de Habilitação)

Acidentes:

  • Mundo: 1,2 milhão mil mortes/ano com mais de 50 milhões de feridos (OMS).
  • Brasil: 45 mil mortes/ano (incluindo óbito após 72 hs do acidente, oficialmente gira em torno de 30.000 mortes/ano)
  • 376.589 mil feridos/ano.
  • Mais de 1 milhão de acidentes/ano.
  • Prejuízos materiais em mais de 5 bilhões de dólares.
  • Prejuízos Sociais em mais de 5 bilhões de dólares.
  • O Governo gasta em média R$ 14.321,25 com vítima não fatal de acidente de trânsito.
  • A cada 22 minutos, morre uma pessoa em acidente de trânsito.
  • A cada 07 minutos acontece um atropelamento.
  • A cada 57 segundos acontece um acidente de trânsito.
  • 75% dos acidentes são causados pelo homem, 12% por problemas no veículo, 6% por deficiências nas vias e 7% por causas diversas. Se considerarmos HOMEM-VEÍCULO-VIA como causa o homem, são 93%.
  • 75% dos acidentes ocorrem com tempo bom, 68% nas retas e 61% durante o dia.
  • Maior parte das vítimas de acidentes de trânsito tem menos de 35 anos.
  • Acidente de trânsito é o segundo maior problema de saúde pública do País, só perdendo para a desnutrição.
  • Nos acidentes com vítima, os automóveis tem participação de 53%.
  • 41% dos mortos em acidentes estão na faixa etária de 15 a 34 anos.
  • 377 mil acidentes com vítimas.
  • 60% dos feridos no trânsito ficam com lesões permanentes.
  • Em 40 mil acidentes com veículos de duas rodas, aconteceram 24 mil mortes.
  • 44% dos mortos em acidentes de trânsito, são em atropelamentos.
  • 79% dos mortos são do sexo masculino.
  • 44% dos acidentes são do tipo colisão.
  • Para cada 10.000 veículos, morrem 7 pessoas no Brasil e 1,5 no Japão.
  • São Paulo é a Capital onde há o maior nº de mortos (1.883).
  • Metade dos acidentes ocorrem a menos de 10 Km de distância da residência do motorista.
  • Em 70% dos casos de acidentes com mortes, o fator álcool estava presente, mesmo sem configurar embriaguez.
  • 9,3 milhões de veículos(quase 50% da frota) possuem mais de 10 anos de uso, correspondem por 77% da poluição veicular e 60% dos acidentes com vítimas.

GERAIS

  • Trânsito – 3ª Causa Mortis do Brasil;
  • 55% de ocupação dos leitos hospitalares;
  • 45 em cada mil consegue concluir o 1º grau em 8 anos;
  • 43% dos jovens até 17 anos tem apenas 2 anos de instrução escolar;
  • No Brasil, a proporção é de 1 morto para 690 veículos, enquanto na França é para 3.000, Suíça 3.600, Alemanha 4.200, EUA 5.300, Japão 5.600 e Suécia 6.900;
  • Nos EUA no ano de 2000 o motorista gastou em média 62 horas parado em congestionamentos, tendo a cidade de Los Angeles consumido 130 horas anuais de seus condutores em congestionamentos. Ainda neste mesmo ano, houve o acréscimo de US$ 68 bilhões gastos a mais em virtude desses congestionamentos no País.

Brasil

  • Pouco mais da metada da frota registrada é composta por automóveis, cerca de 35,1 milhões
  • 15 milhões de veículos 2 rodas (motocicletas e motonetas. 12,8 e 2,2 milhões respectivamente) já correspondem a pouco mais de 25% da frota total de veículos
  • 2,1 milhões de caminhões
  • Goías em 2008 foi o Estado com maior número de vítimas fatais (11.812) decorrentes de aciente de trânsito.
  • A região sudeste é a que possui a maior frota de veículos registrados, 3,51 milhões, enquanto a norte é a menor com 2,5 milhões de veículos registrados. (Sul 12,6; Nordeste 8,5 e Centro Oeste 5,3 milhões)

São Paulo

São emplacados 150 mil novos veículos por mês.

O Estado possui:

  • 19.467.614 veículos registrados;
  • 6.3000.000 veículos na Capital;
  • 35 % da frota nacional de veículos;
  • 45 pessoas atropeladas por dia na capital;
  • 19 mil atropelados na capital por ano, desses, 862 resultaram em mortes.
  • Morrem em média, 2 motociclistas por dia na capital

Reportagens da VEJA:
Uma PESQUISA curiosa

Uma pesquisa realizada pela empresa Opinion Research Corporation International, mostra que 76% dos motoristas confessam ter o mau hábito de se distrair com outras atividades enquanto dirigem. Os pesquisadores pediram a 1016 pessoas, que indicassem um ou mais tipos de situação que as fizeram sofrer um acidente ou, pelo menos, passar um susto no trânsito. O gráfico revela os resultados

Separando uma briga dos filhos – 26%
Apagando cigarro – 22%
Usando o laptop – 21%
Conversando com um passageiro – 18%
Falando ao celular – 13%

Leia mais em Portal do Trânsito Brasileiro

Anúncios
Esse post foi publicado em apocalipse motorizado, caos no trânsito. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Números

  1. Bagual disse:

    Impressionante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s