Fazendo do limão uma mini-saia

.

Aconteceu há mais de um ano, mas não repercutiu por aqui na época (que eu saiba); e já que andamos falando bastante de NY, aqui vai uma notícia velha mas leve e interessante.

.
Uma moça foi advertida por um policial, e lhe foi recomendado que voltasse para casa e trocasse de roupa. Aparentemente não chegou a ser uma autuação, mas tbém não foi um simples comentário amigável. O motivo? A saia da moça, que supostamente representaria um potencial risco de distração de motoristas e portanto de acidentes (duplamente bizarro, considerando que aconteceu no país que luta com dificuldade para erradicar o inacreditável e universal hábito de teclar ao celular no volante, o que em muitos estados ainda não é proibido!).

Agora vem a parte boa.

A moça trabalha no ramo ciclístico, tem amigos/as e conhecidos/as que por sua vez têm outros tantos/as.

A história começou a se espalhar, alguém disse “vamos fazer alguma coisa?”,  e surgiu a ‘Short Skirt Celebration Ride/Love The Broadway Bike Lane’ (Passeio Ciclístico Celebrando a Mini-Saia/Amor à Ciclofaixa da Broadway).

O pessoal fez um vídeo do passeio (parece que foram 2 passeios na verdade), ficou bem simpático, e, felizmente, a trilha sonora NÃO é bate-estaca, dá pra clicar sem medo.

.

Peguei isso tudo no Amsterdamize.

Inclusive o seguinte comentário sobre a natureza do evento – que reuniu cerca de 150 pessoas – que traduzo e compartilho para inspiração:

“Não se trata de dar uma lição na polícia de Nova York. A meta é normalizar a idéia de pessoas em bicicletas aqui na cidade de NY. Se você está planejando gritar ou trazer cartazes de protesto, por favor não nos acompanhe. (…) Isso não é um protesto; é uma Celebração de Pessoas em Bicicletas.”

.

Anúncios

Sobre lobodopampa

Falar de si mesmo é contraproducente. Ah: lobodopampa e artur elias são a mesma pessoa (eu acho).
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

5 respostas para Fazendo do limão uma mini-saia

  1. Felipe X disse:

    mini saia e bici! Quero isso em poa hoje! 😉

  2. artur elias disse:

    Às vezes eu tenho a forte impressão que as pessoas “normais” têm medo dos “ciclistas”.

    Medo do vigor, da alegria, do exemplo, da recusa em aceitar certas normas de status. Medo de se sentir sedentários, flácidos, presos a condicionamentos que não trazem nenhuma satisfação.

    Pior, às vezes tenho a impressão que esse medo se manifesta sob a forma de ira.

    Sei lá. Deve ser loucura da minha cabeça.

  3. PabloZ disse:

    Gostei do princípio de vestir-se bem como forma de mostrar (provar) que bicicleta pode ser bonito, chique, agradável… Talvez os apetrechos de ciclismo como bermuda e camiseta de malha com sapatos especiais até afastem algumas pessoas que querem a bicicleta apenas como meio de transporte.

  4. Olavo Ludwig disse:

    A moça holandesa, aliás com pernas muito bonitas, esta na foto com uma bici holandesa também, muito legal, um tempo atrás tinha um cara na massa com uma igualzinha.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s