Mobicidade divulga resultado de consulta pública sobre o uso da bicicleta como meio de transporte

Um anseio por uma melhor convivência entre motoristas e ciclistas, o cumprimento da legislação de mobilidade existente e a implantação de infraestrutura para estacionamento e circulação de bicicletas estão entre as prioridades apontadas pelos participantes da pesquisa sobre o uso da bicicleta como meio de transporte em Porto Alegre, realizada pela Mobicidade – Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta, entre os dias 7 e 31 de agosto de 2012.

A consulta, que apresentou 23 questões disponíveis para resposta em um formulário online, obteve a participação de 1055 pessoas, oriundas de diversos bairros da capital gaúcha. Dos mais de mil participantes, 74% pedalam ao menos uma vez por semana, com finalidades distintas como transporte, lazer e a trabalho, e 27% pedalam diariamente. 26% não usam bicicleta ou pedalam com frequência inferior a uma vez por semana.

Organizadas em cinco grandes eixos temáticos, a consulta abordou questões de infraestrutura para circulação, como a construção de ciclovias em avenidas; educação e fiscalização, como a inserção de educação para o trânsito nas escolas; infraestrutura de estacionamento, como construção de bicicletários integrados aos transportes públicos; administração pública e participação, como a regulamentação de leis sobre bicicletas já existentes; e outros programas e iniciativas, como projetos de aluguel de bicicletas.

As respostas classificaram cada um dos ítens em cinco níveis: “não é importante”, “pouco importante”, “importante”, “muito importante” e “fundamental”. Os itens mais destacados entre todos listados pela pesquisa foram a fiscalização de motoristas que desrespeitam ou colocam em risco ciclistas (95% das respostas consideradas “fundamental” ou “muito importante”), o estabelecimento de prazos anunciados para a implantação de projetos cicloviários (93%), criação de programas de educação para motoristas (89%), construção de estacionamento para bicicletas (bicicletários e paraciclos) em estabelecimentos públicos e privados (88%), construção de ciclovias em avenidas (86%), aprovação de projetos de lei que contemplam o estímulo ao uso da bicicleta (85%), regulamentação e fiscalização de leis que já foram aprovadas sobre bicicletas (80%), construção de estacionamentos integrados ao transporte coletivo (80%), espaços de diálogo institucional entre a sociedade civil e o poder público (80%) e construção de estacionamento para bicicletas nas ruas (paraciclos) em locais de grande afluxo de pessoas (79%).

Os resultados da pesquisa, que tem seus dados parciais disponíveis no link  Download: Consulta Pública , denotam um grande anseio dos entrevistados quanto à melhoria da convivência entre motoristas e ciclistas, salientando a fragilidade do ciclista diante do uso imprudente do automóvel, e igualmente valorizando as iniciativas de educação para o trânsito e a infraestrutura para estacionamento e circulação de bicicletas. Quase todas as 23 questões tiveram um alto índice de respostas “fundamental” ou “muito importante”.

Igualmente, a Mobicidade realizou uma consulta aos candidatos à Prefeitura de Porto Alegre, para obter suas propostas, metas e prazos para o estímulo ao uso da bicicleta como meio de transporte na capital gaúcha, para o mandato do próximo candidato(a) eleito(a). Os resultados da consulta pública e da pesquisa visam gerar uma carta-compromisso a ser oferecida aos candidatos, pontuando as questões prioritárias dentro da temática mobilidade por bicicleta.

O objetivo da ação é ampliar e qualificar o debate em torno do uso da bicicleta como meio de transporte, lazer e esporte e gerar mecanismos de fiscalização e pressão para a implantação de melhorias durante a duração dos próximos mandatos municipais. A divulgação dos dados da consulta e as respostas dos candidatos estão disponíveis, na íntegra, nos canais da Mobicidade no Facebook (www.facebook.com.br/mobicidade) e Twitter (@MobicidadePOA).

Confira abaixo os 10 ítens mais importantes apontados pelas respostas (entre os 23 disponíveis) e faça o download do relatório parcial aqui.


ÍTEM Soma: Fundamental + Muito Importante (%)
1 FISCALIZAÇÃO DE MOTORISTAS QUE DESRESPEITAM OU COLOCAM EM RISCO CICLISTAS 95
2 ESTABELECIMENTO E CUMPRIMENTO DE PRAZOS ANUNCIADOS PARA PROJETOS CICLOVIÁRIOS 93
3 CRIAÇÃO DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO PARA MOTORISTAS 89
4 CONSTRUÇÃO DE ESTACIONAMENTO PARA BICICLETAS (BICICLETÁRIOS E PARACICLOS) EM ESTABELECIMENTOS PÚBLICOS E PRIVADOS 88
5 CONSTRUÇÃO CICLOVIAS EM AVENIDAS 86
6 APROVAÇÃO DE PROJETOS DE LEI QUE CONTEMPLAM O ESTÍMULO AO USO DA BICICLETA 85
7 REGULAMENTAÇÃO E FISCALIZAÇÃO DE LEIS QUE JÁ FORAM APROVADAS SOBRE BICICLETAS 80
8 CONSTRUÇÃO DE ESTACIONAMENTOS INTEGRADOS AO TRANSPORTE COLETIVO 80
9 ESPAÇOS DE DIÁLOGO INSTITUCIONAL ENTRE A SOCIEDADE CIVIL E O PODER PÚBLICO 80
10 CONSTRUÇÃO DE ESTACIONAMENTO PARA BICICLETAS NAS RUAS (PARACICLOS) EM LOCAIS DE GRANDE AFLUXO DE PESSOAS 79

Sobre a Mobicidade:

A Mobicidade, Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta, caracteriza-se como uma associação sem fins lucrativos, apartidária, que tem por base o princípio da horizontalidade, tanto em sua gestão, como em sua atuação, sediada na cidade de Porto Alegre, onde atua.

A Associação nasceu do anseio de cidadãos de diferentes formações, usuários da bicicleta com finalidades diversas, para transformar a cidade em um local para melhor viver e conviver.

Entre as razões de seu surgimento, está a intenção de ser uma referência para a comunidade nos assuntos relacionados à bicicleta e seus desdobramentos, bem como a de representar e atuar como interlocutora das demandas dos usuários de bicicleta em todas as suas expressões, embasando assim as políticas públicas relacionadas à mobilidade urbana, por meio da produção e disseminação do conhecimento quanto ao uso da bicicleta nas cidades.

Para mais informações, visite nossa fanpage no Facebook: www.facebook.com/Mobicidade ou entre em contato conosco pelo e-mail mobicidadepoa@gmail.com

Anúncios
Esse post foi publicado em mobilidade, políticas públicas. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s