Trensurb demonstra interesse na implementação de bicicletários, novos suportes e até uma ciclovia interligando estações.

Fonte: ACPA

Na última quarta-feira, 15 de agosto, membros da Associação dos Ciclistas de Porto Alegre estiveram reunidos com representantes do setor de Mobilidade Urbana e de Engenharia da Trensurb.

O objetivo deste encontro era coletar informações sobre o andamento da construção dos bicicletários e iniciar um diálogo buscando melhores condições e benefícios para os ciclistas que utilizam os serviços da Trensurb. Em um clima de muita cordialidade e cooperação, diversos outros temas foram debatidos.

Solicitamos a instalação de “canaletas” nas laterais das escadas em todas as estações. Esta estrutura serve para auxiliar a transposição das escadas com as bicicletas. Até o momento, somente as novas estações Rio do Sinos e Santo Afonso possuem este facilitador.

Questionamos sobre a possibilidade da liberação do uso do trem em qualquer horário, facilitando assim a integração do trem e da bicicleta também para aqueles que utilizam estes modais para seu deslocamento diário, até seu local de trabalho e estudo. A possibilidade não foi descartada, mas a empresa disse que primeiro seria necessária a adequação dos vagões, que atualmente ainda não possuem uma boa estrutura para um convívio harmonioso entre ciclistas e demais usuários fora dos finais de semana e feriados, principalmente em horários de grande demanda.

Nos dias de hoje, somente dois trens possuem suporte para o transporte de bicicletas, e mesmo assim, segundo nossa avaliação, os atuais suportes apresentam uma grande dificuldade de colocação e remoção da bicicleta no caso do vagão estar cheio ou lotado.

Modelo de suporte utilizado na cidade de Boston – EUA.

Como nos próximos meses já teremos a abertura de licitação e compra de novos trens, a ACPA e a Trensurb realizarão um estudo de viabilidade para o desenvolvimento e implementação de um novo tipo de suporte para o transporte de bicicletas dentro dos vagões.

Ainda com as atuais estruturas, a empresa estudará a possibilidade de, em caráter experimental, liberar o uso sem restrição de horários também aos sábados.

Já em relação aos bicicletários, está em andamento interno o projeto para a criação de bicicletários em todas as estações. Uma das possibilidades seria o uso de contêiners, dando a exploração destes espaços para comerciantes que também ocupariam o entorno. Defendemos que o uso dos bicicletários deva ser totalmente gratuito, sem qualquer custo para seus usuários. Sugerimos também que a instalação seja próxima dos pontos de vigilância, câmeras e guaritas, e em locais que também permitam um fácil acesso para o embarque no trem.

Uma das possibilidades apresentadas pela Trensurb para os bicicletários.

Solicitamos também a fixação de cartazes comunicando a possibilidade e estimulando o uso do trem por parte dos ciclistas, pois em diversos deslocamentos que realizamos percebemos que a grande maioria dos usuários desconhece a possibilidade do embarque com bicicletas.

Ainda em fase de projeto, a Trensurb também estuda a viabilidade da construção de uma ciclovia que acompanhará o trajeto do trem entre as estações de São Leopoldo e Novo Hamburgo. Já em Canoas, é a Administração Municipal que está elaborando a implementação de uma ciclovia entre as estações daquele município.

A partir deste primeiro encontro, muitas questões ficaram alinhavadas para a cooperação entre a ACPA e a Trensurb no desenvolvimento de diversos projetos. Dentro de algumas semanas existirá um novo encontro para o início dos estudos do suporte para o transporte de bicicletas no trem.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Trensurb demonstra interesse na implementação de bicicletários, novos suportes e até uma ciclovia interligando estações.

  1. Pablo disse:

    Recentemente desci na estação Niterói em Canoas e na praça que tem alí perto há uma quantidade imensa de bicicleta presa nas árvores, postes, grades… Isso demostra a necessidade de um bicicletário.

  2. Pingback: Trensurb demonstra interesse na implementação de bicicletários, novos suportes e até uma ciclovia interligando estações « Blog Porto Imagem

  3. Aldo M. disse:

    Estão de parabéns a ACPA e o Trensurb. É reconfortante ver que, em meio a tanta ignorância da administração municipal de Porto Alegre e dos empresários do transporte a respeito da bicicleta, há uma equipe técnica no Trensurb que compreende perfeitamente o incentivo do ciclismo, não como concorrente do transporte coletivo, mas como promotor da mobilidade em geral que irá beneficiar a todos os envolvidos.
    É por isto que eu considero a principal virtude de um governo a capacidade de dialogar, o que pressupõe vontade mas também um nível mínimo de conhecimento. Para mim, estes são os pontos-chave que a atual administração de Porto Alegre simplesmente não têm. Tentar estabelecer um diálogo nestas condições, como já se tentou inúmeras vezes, é o mesmo que tentar falar com uma porta. Não é que eles não queiram nos responder – eles simplesmente não conseguem entender conceitos básicos como, por exemplo, os benefícios amplos de incentivar a bicicleta e restringir o uso do automóvel.

  4. heltonbiker disse:

    Pra não perder a oportunidade, está na hora de se discutir seriamente a interligação cicloviária completa entre Novo Hamburgo e Porto Alegre, há uma demanda GIGANTESCA de deslocamentos entre os municípios desse eixo (Poa, Canoas, Esteio, Sapucaia, São Leopoldo, Novo Hamburgo)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s