Porto Alegre pode ter aluguel de bicicletas

Notícia do jornal Metro:

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Porto Alegre pode ter aluguel de bicicletas

  1. Marília disse:

    q maravilha! qto + possibilidades de tornar a bike acessível a tod@s melhor. Roubaram a minha e estou me “digladiando” na justiça c o Shopping Praia de Belas pq se recusam a me ressarcir…a bike foi deixada c corrente e cadeado no bicicletário deste estabelecimento comercial. Bueno, o aluguel atende parcialmente às necessidades de alguns(as). No meu caso…mataria a minha fome da bike enquanto não posso comprar outra!

  2. Gustavo disse:

    Pode ser uma boa, mas importar uma ideia de uma cidade com 260km de ciclovias, para uma com 9, e onde a EPTC ainda tenta criminalizar o uso da bicicleta me parece ser algo mais publicitário/eleitoreiro do que prático.

    Se bobear, só vai ter estações destas nos parques de POA.

  3. Melissa disse:

    Buenos Aires tem um bom sistema de transporte público gratuito de bicicletas:
    http://mejorenbici.buenosaires.gob.ar/

    É estranho a prefeitura querer cobrar taxa de inscrição sendo que vão fazer parceria público-privada, ou seja, já vai ter uma empresa investindo dinheiro ali. Poderia tranquilamente ser de graça. Na Argentina a pessoa tem que apresentar comprovante de residência pra fazer cadastro e deu! E olha que as bicicletas públicas de lá não são munidas de propaganda de banco e nem de ninguém. Aqui tudo é oportunismo pra empresários.

    Quero só ver fazerem aluguel de bicicletas para transporte, e não lazer. Como vão fazer um ciclo-sistema-de-transporte se não há ciclofaixas e nem campanha educativa para a convivência entre ciclistas e motoristas? Estou sendo pessimista em achar que isso vai se resumir a estações nos parques e elas só serão utilizadas ali porque as pessoas tem medo de pedalar no trânsito?

    Outro detalhe: “O custo é zero para a prefeitura, que só precisa autorizar a implantação”. Então não vão tocar no dinheiro do Plano Cicloviário, é isso? Pela lei esse dinheiro só pode ser investido em ciclovias/faixas ou campanha educativa. Não me lembro de citarem aluguel de bicicletas.

    Aliás, será que pessoas que usam a bicicleta como meio de transporte diariamente vão participar desse projeto? Ou a EPTC vai cometer o mesmo erro de sempre, que é não levar em conta a opinião de usuários na fase do planejamento?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s