Detran é cúmplice do assassinato de Wanderson Pereira dos Santos

Um extrato do registro de multas de Thor Oliveira do DETRAN mostrou que o jovem de 20, filho de Eike Batista, desrespeitava as leis sistematicamente, já cometendo pelo menos SETE infrações por excesso de velocidade, num total de nove infrações, desde que começou a dirigir, em dezembro de 2009.

Cinco das infrações por excesso de velocidade ocorreram dentro do período probatório, primeiros doze meses depois de tirar a carteira, no qual o condutor não pode cometer nenhuma infração. Ao cometer a primeira infração, Thor deveria ter perdido a carteira e voltado à auto-escola. Não foi o que ocorreu devido à incompetência do DETRAN, que deveria ter recolhido a sua carteira, mas não o fez.

Podemos dizer que o homicídio de Wanderson Pereira dos Santos foi uma tragédia anunciada: Thor de Oliveira era um acidente pronto para acontecer, procurando por sua vítima, que poderia ter sido evitado se os órgãos (in)competentes cumprissem a sua função.

E isso não é algo específico do DETRAN-RJ é algo sistêmico que acontece em todos os DETRANs do Brasil. O DETRAN-RS, por exemplo, já deixou de suspender mais de 342 mil carteiras de habilitação de motoristas infratores, alegando falta de pessoal. Além o DETRAN falha nas avaliações psicotécnicas, concedendo CNH para milhares de pessoas agressivas e intolerantes, como Ricardo Neis, que atropelou intencionalmente cerca de 20 ciclistas em Porto Alegre.

Além disso o DETRAN falha em formar bons motoristas, as autoescolas e aulas teóricas são claramente insuficientes e/ou inadequadas e os exames teóricos servem para muito pouco.

Está óbvio que precisamos de mudanças drásticas no sistema de formação/fiscalização/punição de condutores. Precisamos de um sistema mais rígido que trate o ato de dirigir não como um direito fundamental, mas como um privilégio a ser concedido apenas para pessoas conscientes e responsáveis, e retirar das ruas motoristas potencialmente homicidas como os que circulam por aí diariamente colocando em risco as vidas de pedestres e ciclistas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

15 respostas para Detran é cúmplice do assassinato de Wanderson Pereira dos Santos

  1. Concordo, vamos dar um basta à impunidade!!!Chega de aptropelos!!!

  2. Luiz Felipe disse:

    é triste que quem tente 7, 8 vezes tirar a carteira seja tão motorista como quem passa de primeira…deveria haver um limite pra monstroristas….2 no maximo 3 tentativas e ja era…não tem capacidade…pq depois ja viram, acaba aí atropelando todo mundo
    e outra, qndo é q vai dar cadeia atropelar? olha o cara q matou 2 pescadores em tramandaí…e ainda a RBS tem a audácia de dizer que é proibido pescar em cima da ponte…porra…se não tivesse ninguém pescando estaria caminhando e teriam morrido igual…é a velha trama do touro na vitrine

  3. Rudah Azevedo disse:

    Bah…Qualé a graça de ser miliardário, andar com uma caranga de fórmula 1 nas ruas e não poder foder com as leis de trânsito? Agora que a mídia corporativa está colocando a culpa no ciclista ( provavelmente por ter nascido), só faltam os comentários “humorados” dizendo que a melhor coisa que ele poderia ter feito pela família foi ser atropelado pelo filho do Eike…

  4. Leticia disse:

    “Incompetência do DETRAN, que deveria ter recolhido a sua carteira”? Isso tá mais pra PROPINA!

  5. Rudah Azevedo disse:

    Ah, e de mais a mais é o seguinte: tendo 20 aninhos, sendo loiro, miliardário, um carro de dois milhões que é um fórmula 1 de rua, filho da Luma, tendo nome de Deus nórdico, pode tuudooo…

  6. Claudio disse:

    Deixo esse link que achei bem interessante e imparcial pelo menos na intençao, de quem está acostumada a analisar esses tipos de ocorrencias. Maria Paola de Salvo; jornalista, foi repórter e editora da revista Quatro Rodas e também repórter de Veja São Paulo, onde costumava cobrir trânsito. http://www.correioprogressista.com.br/cache/97416

  7. Paulo disse:

    As pessoas, a mídia, a polícia e etc precisam parar com essa mania de querer saber se o motorista bebeu ao dirigir e achar que isso basta. É importante, mas não vem antes de ver se o motorista é prudente. Se o motorista está a 200 por hora ou cometendo loucuras nas estradas não importa nada se ele havia ou não bebido. Quem anda a 200 por hora deveria ir pra cadeia. Quem é imprudente coleta para si toda a responsabilidade. Mesmo se uma pessoa estiver atravessando uma estrada e o motorista estiver a 200 por hora, essa imprudência deveria ser condenada. Mas não, não olham o modo como as pessoas dirigem. Só querem fazer bafômetro, mas se o cara não bebeu e cometer absurdos, não dá em nada.

  8. Olavo Ludwig disse:

    Pessoal, vale a pena ler o link que o Cláudio passou, e lá atambém tem uns links, um deles para uma matéria da revista “quatro rodas” onde tem informações muito interessantes e dados sobre velocidade que achei pertinente colar aqui:

    Risco vertiginoso

    Até 30 km/h
    Risco de morte de até 20%. Dificilmente ocorrem lesões graves. Parte inferior da perna pode sofrer escoriações ou fraturas.

    Até 70 km/h
    Risco de morte de 55% a 85%. Aumentam as chances e a força de um impacto contra a cabeça e a coluna vertebral.

    Acima de 80 km/h
    Risco de morte de quase 100%. Cada km/h a mais aumenta as chances de fratura na coluna, rompimento de artérias importantes e até desmembramentos e amputações.

    Fonte: Instituto de Medicina Legal da Universidade de Münster (Alemanha) e Departamento de Transportes da Inglaterra

  9. Jeferson disse:

    Vários erros e crimes cometidos: Thor que cometeu infrações por longo tempo sem nunca ser punido; a engenharia de tráfico que permite 110 km/h numa rodovia como aquela, muito usada por ciclistas e quase sem acostamento; o Detran que não aplicou a lei; a imprensa que omitiu todo o contexto focando somente nas decisões momentâneas de Thor e do ciclista, não raro culpando implicitamente o ciclista; os leitores fascistas que comentam nos grandes jornais, apoiando Thorzinho e culpando o ciclista por andar “na rua”. Como a engenharia de tráfico, o Detran e os Thorzinhos vão continuar na mesma, veremos mortes como essa acontecendo diariamente. É preciso pressionar as instituições e mudá-las.

    • Aldo M. disse:

      Acho inconcebível que, à noite, sejam permitidas velocidades acima de 80 km/h em estradas não iluminadas. Com certeza, não há mínimas condições de segurança, especialmente com luz baixa, que é obrigatória ao cruzar com outro veículo. Está havendo uma incrível falha de Engenharia de Tráfego nesses casos.

  10. favoviscardi disse:

    O mínimo que poderiam fazer era deixar ele sem carteira de motorista, por ter tomado tantas multas ainda no período da licensa para dirigir, ta tudo aí escancarado no registro de multas dele, não dá pra esconder como fizeram com o caso do ciclista. Seria um baita exemplo na mídia o filho do marajá perder o direito de dirigir por um bom tempo. Não vai acontecer né?

  11. Sou ciclista, pedalo diariamente no trânsito de Porto Alegre, porém tenho uma consideração a fazer ao texto: Durante o primeiro ano da carteira de motorista, são permitidas 2 infrações leves, ou uma média, conforme a lei de trânsito.

    E conforme a mesma lei, pode-se recorrer de qualquer infração leve ou média, em um ano. Não quero defender o individuo que por imprudência atropela um ciclista, porém devemos observar corretamente as leis, e avaliar a situação com imparcialidade.

    As auto-escolas preparam apenas para PASSAR NA PROVA. Eu falhei na primeira prova prática, mas muita gente acaba passando sem problemas. E outro realmente falham 3, 4, 10 vezes. Não por não saberem dirigir, mas por ficarem nervosos e inseguros, o que significa que provavelmente são mais PRUDENTES do que o cara que acelera um carro a 200 km/h sem medo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s