Audiência Pública sobre estacionamento subterrâneo na Redenção NESTA SEXTA

Na sexta-feira, 16 de março, às 17h, haverá uma Audiência Pública sobre a implementação de estacionamento subterrâneo no Parque da Redenção (sob o Parque Esportivo Ramiro Souto). A audîência será no Auditório da Secretaria Municipal de Administração (SMA), na rua Siqueira Campos, 1300, 10º andar, no centro de Porto Alegre.

É importantíssimo que nós compareçamos em massa para não deixar o modelo carrocêntrico seguir esticando seus tentáculos por Porto Alegre.

Estacionamento subterrâneo na Redenção significa:

  • Incentivo às pessoas irem de carro ao parque e adjacências, causando:
  • Mais congestionamentos, com maior fluxo de carros pelos bairros adjacentes;
  • Mais poluição;
  • Possíveis mudanças viárias nos arredores para comportar o maior fluxo de veículos, reduzindo espaços verdes e de pedestres;
  • Possível corte de árvores.

Qualquer especialista em mobilidade sabe que quanto mais se cria infraestrutura para carros, mais as pessoas vão usar o carro, criando assim um ciclo vicioso que degrada as cidades e culmina numa perda de mobilidade para todos, com mais congestionamentos.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Audiência Pública sobre estacionamento subterrâneo na Redenção NESTA SEXTA

  1. Henrique Geremia Nievinski disse:

    “Muitos estudos provaram que a partir do momento em que você tem um estacionamento no fim do trajeto, aumenta a tendência de pegar o carro”.
    http://www.swissinfo.ch/por/sociedade/Estacionamento_quase_em_extincao_nas_cidades_suicas.html?cid=32098572

    É meio óbvio que só vai piorar o problema de engarrafamento…

  2. Pablo disse:

    O preço de uma obra dessas é astronômico! O parque da redenção era um antigo banhado!

  3. Aldo M. disse:

    E o desprezo com a vida humana não tem limites. O mega-estacionamento será construído ao lado do maior pronto-socorro (HPS) e do maior hospital (HCPA) do Estado, obstruindo ainda mais as ambulâncias que atendem emergências. Agora, Porto Alegre tem uma lei, recentemente aprovada, que exige Estudo de Impacto na Vizinhança (EIV) para a construção de grande s empreendimentos. Espero que seja levada em conta e cumprida nesse caso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s