Gustavo Luiz da Rosa Silva 2005-2012

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Gustavo Luiz da Rosa Silva 2005-2012

  1. heltonbiker disse:

    Todas as crianças, sejam pobres ou ricas, ADORAM bicicletas. Elas acharam o máximo poder ver tantas bicicletas “legais” de perto. Algumas ficaram espantadas com os pneus tão fininhos, ficavam apertando…
    Aquela “vilinha” é cheia de crianças. Quando os ciclistas estavam lá, misturados, não havia diferença entre os “ciclistas” (muitos de classe média) e a população local (nenhum de classe média). Havia, sim, é muitas semelhanças.
    Enquanto isso, avenidas se multiplicam e se alargam sem maiores constrangimentos.

  2. Marcelo disse:

    Podíamos sugerir sexta-feira da Massa Crítica passar por lá.

  3. Larry Witt disse:

    Tenho certeza que ao chegar no local do acidente, todos ciclistas perceberam claramente que o problema daquela comunidade ultrapassava (e muito) questões relacionadas ao “trânsito”.
    O perigo de morar a beira de uma rua perigosíssima (e ainda tem vereador querendo piorar as coisas…) era apenas mais uma entre tantas opressões sofridas pelos moradores locais.
    Mais que lombadas, aquelas pessoas fazem parte daquele Brasil com aflitas estatísticas e precisavam de uma assistência social muito maior – educação de qualidade, área de lazer para aquela gurizada, maior acesso a cultura, planejamento familiar, enfim… Muito mais que uma sinaleira.

    • Aldo M. disse:

      Talvez se pudesse auxiliar aquela comunidade a cobrar dos poderes públicos municipal e estadual as providências que irão tomar para reduzir as chances de outra tragédia semelhante ocorrer naquele local.
      Se for possível, deveria-se colocar placas para alertar da presença de crianças e tomar medidas para reduzir a velocidade dos veículos. Isto é o mínimo que se espera, mas tem que ser já.

  4. Aldo M. disse:

    A Prefeitura está desconsiderando o aumento da circulação de pessoas nas vias urbanas para adequar os limites de velocidade dos automóveis. É urgente rever esta política.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s