Proteções na ciclovia serão reconsideradas

Do jornal Metropoa de hoje (clique sobre a imagem para um tamanho maior)

Continuo insistindo:

  • O problema não é nem mais o material, é a segurança do ciclista;
  • Qualquer solução não deve causar dano ao ciclista em caso de colisão contra a própria cerca, o que é algo bastante provável em caso de desequilíbrio;
  • É importante que haja uma distância mínima entre a cerca e a ciclovia (o que não acontece no projeto original);
  • Segundo manuais, os elementos verticais devem ser eliminados, as quinas vivas devem ser eliminadas, e os elementos horizontais devem ser usados para que o ciclista deslize sobre a proteção, e não que ele se enganche ou colida (de cara?) com elas.

Acho que devemos manifestar nossa opinião de ciclistas no que concerne nossa própria segurança em caso de colisão com a proteção (e o quanto essa proteção poderá interferir em nosso espaço de manobra, que fica principalmente à altura do guidão, o qual por sua vez ocupa mais do que a pista de rolamento). Isso é muito mais fundamental, agora, do que o material, ou a aparência estética.

Anúncios
Esse post foi publicado em ciclovia, Plano Cicloviário, Porto Alegre. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Proteções na ciclovia serão reconsideradas

  1. Larissa disse:

    Mazááá!

  2. Marcelo disse:

    Ótimas colocações, Helton. Acho que deverias enviar essas recomendações ao Fortunati e à EPTC para que eles levem isso em consideração na hora de escolher a proteção.

  3. airesbecker disse:

    A sugestão do arquiteto é muito perigosa.
    Aqueles blocos com quinas são para que? Para eliminar alguns ciclistas?
    A cerca da prefeitura do lado dos carros é para que? Para encerrar os ciclistas?
    Os troncos em si não são o problema.
    Se colocar alguns elementos vegetais junto a eles, como cerca-viva ou trepadeiras, os troncos podem ficar bem legais.
    É só colocar o elemento horizontal por dentro e eliminar as pontas dos postes verticais, os parafusos devem ser embutidos para que não fiquem externos.
    Helton dá uma acessoria para a Prefeitura por favor.
    Abraço.

  4. Melissa disse:

    Também acho aqueles tijolos perigosos em caso de colisão.
    Eu acho o seguinte: ser de madeira não significa ser feio, ter cara de matadouro de bois. Dá pra fazer uma cerca bonita de madeira, eu sou favorável ao plantio de trepadeiras na cerca. Vejam:

    http://www.pucrs.br/fau/paisagistica/ib_8.pdf

  5. Fernando disse:

    Só acho que não deve impedir a visão para dentro do arroio. Está feio, está sujo, e por isso mesmo a população tem que ver isso, todos os outros arroios que temos em Porto Alegre que são confinados padecem da mesma poluição do Dilúvio, só que a população não vê. Exemplo é o arroio São Vicente que está enterrado no centro da avenida Nilópolis atravessa a av. Protásio Alves e deságua no Diluvio na altura da Rua São Vicente, por isso o nome da Rua é este, já que é ali que ele deságua. As prefeituras de POA e Viamão e as universidades UFRGS e PUCRS assinaram um protocolo de colaboração para a revitalização do arroio Dilúvio [http://paginas.ufrgs.br/arroiodiluvio] a ciclovia deveria estar integrada às ideias de revitalização. É impressionante como gostam de planejar individualmente as coisas em Porto Alegre.

    • Miague disse:

      Concordo plenamente.
      Quando vi o desenho da EPTC primeira coisa que pensei era a criação de um paredão que escondia o arroio.
      Minha opinião é que esse negocio de cerca viva fica realmente bonito, só que não deve bloquear a (fedorenta) vista do dilúvio, se estamos pensando em recuperar esse arroio.

  6. Pingback: Sugestão para a mureta da ciclovia da Ipiranga | Vá de Bici

  7. Helton apoio totalmente às tuas propostas, objetivando a segurança do ciclista e os prbolemas estéticos estruturais de resto não posso opinar. Se quiser ir falar com a EPTC e se nos receberem posso ir junto. Abraços e saúde.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s