Subite a la Bici

Da série #AcordaPrefeitura:

Não estou mais abandonado. Minha esposa retornou ao lar, e junto trouxe novas informações sobre o sistema de aluguel de bicicletas de Santa Fe, Argentina.

Aliás, não é aluguel. É empréstimo. Isso mesmo, o vivente não paga nada, zero, “de grátis”, for free!!

No site que descreve o serviço, encontramos a seguinte apresentação (traduzida por mim, quase com lágrimas nos olhos [sem ironia]):

”O Governo da Cidade criou, no final de 2010, o Sistema de Bicicletas de uso Público ‘Suba na Bici’, cujos principais objetivos são o bem-estar pessoal, comunitário e ecológico, proporcionando uma vida melhor e mais saudável para todos. Ao mesmo tempo, estimula uma cultura ciclística e uma conscientização dos cidadãos sobre o uso cuidadoso do que é público.”

Aí, o sistema funciona assim: depois de fazer um cadastro prévio, onde é necessário apresentar dados e documentos, a pessoa vai até um terminal, retira a chave do cadeado e o capacete, e tem direito a circular com a bici por até três horas. Se for necessário usar mais tempo, tem que ir a um dos oito terminais, espalhados pela cidade, para renovar. Minha esposa explicou que Santa Fe é uma cidade universitária, com os campi dispersos em vários pontos (parece familiar?). Assim, eles fizeram a coisa também de forma a facilitar a movimentação entre um campus e outro: (clicando na imagem, abre um PDF)

(vale lembrar que lá eles também têm uma beira de rio, com muitas praias etc.)

Pra quem estuda na UFRGS, já pensou trocar o D43 por uma bici com uma cestinha gigante e paralamas?

Aqui temos um vídeo do prefeito, Mario Barletta, falando sobre a inauguração de dois terminais:

Durante a entrevista, ele:

  • Informa que o sistema já tem 2800 usuários, cadastrados eletronicamente.
  • Sugere explicitamente que outras empresas se unam à iniciativa da Prefeitura, para aumentar e melhorar ainda mais o serviço.
  • Diz que, um pouco antes, sugeriu a alguns jornalistas que tivessem vindo de bicicleta.
  • CITA O FATO DE QUE TODOS OS ESTRANGEIROS, POR EXEMPLO, OS QUE VISITARAM A CIDADE DURANTE A ÚLTIMA COPA AMÉRICA, RESSALTARAM A IMPORTÂNCIA DESSA INICIATIVA DA PREFEITURA!
  • Explica que havia dúvidas sobre o comportamento que os usuários teriam, quanto ao cuidado com as bicicletas, mas que de fato os problemas foram mínimos porque os usuários valorizam muito o serviço, e portanto cuidam bastante das bicis.
  • DIZ QUE, APESAR DE NO INÍCIO HAVEREM PRINCIPALMENTE TURISTAS E USUÁRIOS DE LAZER, CADA VEZ MAIS AS PESSOAS DEIXAM O AUTOMÓVEL PERTO DE UM DOS TERMINAIS, PARA ENTRAR DE BICICLETA EM BAIRROS MAIS CONGESTIONADOS COMO O CENTRO, DEVIDO ÀS EVIDENTES VANTAGENS.

Na época do início do serviço, Barletta já apontava outros pontos fundamentais, e deixava claras diversar prioridades da Prefeitura de Santa Fe:

  • “Simplesmente haverá um registro de usuários do sistema. Os usuários deverão ter pelo menos 18 anos. Na primeira vez que vierem utilizá-lo, terão de apresentar documento de identidade, comprovante de endereço residencial E profissional, e será feita uma foto, ou seja, todos os resguardos para saber a identidade em caso de alguma eventualidade.”
  • “Por enquanto, vamos começar com o prazo de 3 horas, mas depois não haverá horários delimitados, pois acreditamos que quando houver mais pontos terminais, as pessoas vão achar melhor devolver do que terem de ficar cuidando. Por exemplo, quando forem à praia, haverá um terminal para devolução, e para nova retirada quando chegar a hora do regresso.”
  • “Se um ciclista for vítima de furto ou roubo, ocorre como todo o bem público: abre-se denúncia e investigação correspondente, começando pela pessoa que tomou emprestada a bicicleta.”
  • “Em caso de acidente de trânsito, os usuários estarão cobertos por um seguro, e serão socorridos e atendidos pelo Governo Municipal.”
  • “Estamos trabalhando com a Universidade, para o acesso à Cidade Universitária. O problema é que não temos vias seguras de comunicação, nem através da Ponto Oroño, nem da Ponte Suspensa. Então uma medida futura será ANULAR O TRÂNSITO VEICULAR DA PONTE SUSPENSA para que só haja fluxo de pedestres e bicicletas, para estimular as pessoas a caminhar e pedalar, e assim gerar tranquilidade aos estudantes universitários.”

Minha esposa disse que o sistema está bombando, tanto que houve necessidade de esperar um pouco na hora de pegar as bicis, porque estavam todas em uso naquele momento. Mais algumas fotos feitas por ela:

Ai ai…

ACORDA, PREFEITURA!!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Subite a la Bici

  1. joseantonioreimunde disse:

    PREFEITURA????

    TA NEM AÍ !!!!!

    EPTC IDEM

    NÃO ADIANTA AUTORIDADES POLÍTICAS INSTITUCIONAIS ZERO

    SAÚDE E PARABÉNS COMO SEMPRE HELTON GOSTEI MUITO.

    JOSE ANTONIO R.MATINEZ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s