Prezados “quem dera”, “quiçá um dia” líderes,

Todos os dias a cidade fica parada, anda um pouco, violência violência, fica parada de novo, violência violência, fica parada de novo, violência violência, parada, violência, parada, violência, parada,  ad \,\!\infty

Esses dias pedalando com a minha nave, tocando ficha mas numa boa como sempre e um motoqueiro chegou ao meu lado, curtiu a bike, puxou assunto, conversamos, mais amor mais amor, nos despedimos e ele foi adiante. Ele pensando que nunca mais ia me ver.

Nos encontramos na sinaleira junto com outros motoqueiros, conversamos mais, conversa vem conversa vai, conversa vem, conversa vai, conversa vem, conversa vai, conversa vem e ficou verde o sinal, nos despedimos.

O mesmo na outra sinaleira.

Em umas das paradas trocamos essa idéia sobre a insanidade dos seres elucidados magistralmente como irracionais por Fernando Pessoa de que não pode existir um bom motivo ou um motivo racional para as pessoas ativamente ameaçarem a vida uns dos outros em uma competição insana por absolutamente nada se todos irão se encontrar nas infinitas sinaleiras que cobrem a cidade.

Violência, violência e logo uma tensão crescente entre todos, até entre os caminhantes e todos os veículos que a segundos estavam em guerra ativa e agora estão perturbados por serem obrigados a conviver estáticos com seus fantasiosos inimigos.

Quanta ingenuidade em se pensar que existem inimigos.

Porém minha inspiração para escrever hoje foi por justamente hoje a cidade estar mais trancada que o convencional. Convenhamos que nenhuma foto ou vídeo é necessário tendo em vista que a maioria de nós saiu de casa esta manhã e ninguém é cego no sentido de não conseguir perceber o desastre cultural que nos cerca e saliento o sentido da minha expressão ‘cego’ pois mesmo uma pessoa que não tem a visão pode perceber pelos seus outros sentidos, muito mais aguçados que os nossos, que a coisa ta ruim.

A coisa ta ruim, ninguém é cego, ninguém é trouxa, ninguém gosta de ser feito de idiota, a ninguém falta inteligência nem sensibilidade. Tendo isso em vista podemos imaginar o grau de dureza, talvez sequer comparável ao diamante, que tem que ter os caras de pau que estão tocando a hidrelétrica de Belo Monte. Han? Klaus, não viaja: B I C I C L E T A !!

Desculpem, me refiro a outra situação que em que estão adquirindo milhões de canetinhas de retro projetor para poderem escreverem coisas não-bonitas na nossa testa quanto ao planejamento de construir os estacionamentos subterrâneos em Porto Parado.

Imaginem se o exército do território ocupado nomeado de estados unidos da américa descobrem que aqui nesta região pode existir um material ainda mais duro que o ADNR (da expressão em inglês “Aggregated Diamond NanoRods”) [‘google it’, ;)] !

Tomara que não descubram se não aí vão sequestrar pessoas daqui e fazer testes com elas, sou contra isso. Klaus, B I C I C L E T A!

Tah, tah, tah bom! Saco mesmo…

Bueno, por que na minha modesta e suuuper sutil opinião os estacionamentos subterrâneos e as duplicações como a do Autódromo da Orla são obras criminosas?

Pois segundo o Código de Trânsito brasileiro a preferência deve sempre ser primeiro dos pedestres e pela Constituição inclusive os com alguma maior deficiência física e depois o resto.

Todas sinaleiras da cidade já tem sonorizador para quem não enxerga saber quando pode atravessar? Viver em Porto Perigoso sem ter a visão poderia ser tranquilo bastaria que ou as pessoas deixassem de sair armadas de suas casas ou pelo menos que os que trabalham para manter o já esgotado sistema se esforçassem honestamente para cumprir as leis mais básicas de todas.

Onde estão as lombadas antes das calçadas que cruzam as ruas?

O ano inteiro tem carnaval pela cidade toda e não estou falando de mulheres peladas fazendo tchaca-chá, bóin bóin, uiuiui, bóin bóin, uiuiui para agradar adolescentes e adultos machistas. Não!! Me refiro ao carnaval de atropelamentos em nossa cidade que é tido como normal e por isso é feito pouco caso. Muitas são as pessoas que são atropeladas e sequer viram um número nas deprimentes estatísticas que giram em torno dos milhares.

O que é feito em relação à isso? Quão altos são os investimentos para os caminhantes poderem caminhar em paz e curtir o meio ambiente ao invés de se sentirem prezas em um Coliseu cheio de famintos Leões e Hienas?

Antes de amentar a estrutura para automóveis, aonde esta a malha cicloviária? Eu só vejo lugar público sendo usado como estacionamento, isso não atrapalha. Espaço e dinheiro para ciclo-vias e ciclo-faixas, etc, aí não tem.

Os estacionamentos subterrâneos segundo a minha gentil e carinhosa visão são obras criminosas tão somente por eu ter acesso à Constituição brasileira.

O Terceiro Fundamento Básico da Constituição já é ignorado por completo visto que a cidade já é um caos de se caminhar e pedalar e ainda assim nossos “um dia com certeza, só nos resta o otimismo” líderes estão planejando dar mais espaço aos carros o que obviamente irá levar a mais atropelamentos. Pessoas que não iriam morrer irão morrer pois o cidadão X que esta agora pensando em talvez ir caminhando, talvez ir de ônibus ou de bicicleta, ele o X irá para o centro, no hipotético futuro, de carro e irá atropelar a senhora Y que não seria atropelada não fosse o aumento da quantidade de veículos de potencial bélico nas ruas.

Mais Fundamentos da Constituição sendo ignorados diariamente:

I – construir uma sociedade livre, justa e solidária;

III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

II – prevalência dos direitos humanos;

VI – defesa da paz;

Art. 230. A família, a sociedade e o Estado têm o dever de amparar as pessoas idosas, assegurando sua participação na comunidade, defendendo sua dignidade e bem-estar e garantindo-lhes o direito à vida.
(se é perigoso para um jovem esperto circular pela cidade já hoje imaginem um idoso em uma caocidade com ainda mais carros, ainda mais velozes)

Será que os idosos morrem atropelados ao caminharem pela cidade por serem imprudentes no trânsito? eles são mal educados em relação ao trânsito, pode-se dizer isso a um idoso? ou será que falta estrutura na cidade para os caminhantes?

etc.

Beijos Beijos

 

 

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

7 respostas para Prezados “quem dera”, “quiçá um dia” líderes,

  1. heltonbiker disse:

    Minha contribuição póetica:
    =======================
    Poesia “No Bus”
    (heltonbiker e arkanon)

    Avenida vazia
    O deserto de asfalto
    É melhor que a floresta de aço
    Que antes havia
    ========================

    P.S.: Quando todos os carros forem elétricos, e hão de ser muitos, os engarrafamentos vão ser perfeitos.

  2. Aldo M. disse:

    Parece-me que as leis, constituições, códigos, etc,, via de regra afirmam o contrário da realidade. E isto não para mudá-la, mas para fazer uma espécie de compensação desta com a fantasia. Aos que nada tem, se oferece a esperança em forma de belas frases.

    Os planos para conceder áreas públicas para estacionamentos subterrâneos no Centro escondem inúmeras perversidades. Uma delas é a Prefeitura ter que garantir-lhes o acesso de carros, o que inviabiliza qualquer plano de retirar os automóveis do Centro nas próximas décadas, a menos que os concessionários sejam regiamente indenizados.

  3. Tulio disse:

    Bom, o texto mistura muitas coisas… acho que estacionamento subterrâneo é uma necessidade: visto que a maioria dos imóveis tidos como patrimônio cultural, em porto alegre, via de regra acaba por tornar-se um estacionamento clandestino…

    …se no lugar dos carros, que antes estariam estacionados nas ruas e que podem ser estacionados no subterrâneo, surgir espaço para ciclovias – tá valendo!!!

    abr

  4. Klaus disse:

    Amigo Túlio,

    Na minha visão o grande problema é que os estacionamentos subterrâneos estão sendo planejados com a promessa de aumentar vagas para carros no centro e promessa feita para quem anda de carro é promessa cumprida.

    Indiferente de onde os carros irão estacionar a cidade se tornará um lugar ainda mais hostil e hoje ela já é extremamente hostil e mais por causa dos caudalosos rios de carros que por outra coisa pois esses rios, para os quais não existe coletes salva-vidas, são ameaças imediatas a todos, principalmente crianças, idosos e cachorros.

    Eu queria muito poder caminhar com meus cachorros sem coleira, acho feio levar eles com um enforcador no pescoço mas eles são inocentes demais para entender o caos em que vivemos.

    Abraços, até mais, 🙂

    • Tulio disse:

      Prezado Klaus,
      O que eu quis dizer, de fato, é que os estacionamentos sub, em si, são uma ótima ideia… mas como tudo aqui em PoA, as ótimas idéias são tradicionalmente transformadas em benesses para uns poucos e problemas para muitos, o que representa que não solucionan nada de fato!!

      abraço

  5. Klaus disse:

    As promessas de atos altruísticos como cumprir as leis e construir estrutura descente para pedestres e ciclistas é outra história e elas sequer passam de meras fantasias. Podem prometer que vão encher o centro de ciclo-faixas e ciclo-vias e sinaleiras sonorizadas e calçadas com sinalização em alto relevo para cegos mas isso seria cumprir a lei, eles se consideram acima da lei e o pior é que mesmo que construíssem as ciclo-vias-faixas o simples aumentar de carros nas ruas é um grande retrocesso pois o que precisamos é diminuir a quantidade de carros nas ruas. Para mim a humanidade já passou tempo suficiente envelhecendo e regredindo.

    Queria ver nossa espécie amadurecendo e evoluindo.

    Se estão construindo estacionamentos clandestinos estes devem ser fexados, a lei deve ser cumprida mas não, a prefeitura se considera acima da constituição brasileira, acima das leis federais, finge que não vê, se faz de cega às custas da vida dos cidadãos para os quais ela deveria trabalhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s