Mais um caso…

Lar, doce lar. No dia de hoje, 19 de novembro às 11:20 da manhã (a 50min atrás) um caminhão da empresa TUMELERO em alta velocidade de placa IFI-3054 bateu em mim e me jogou para fora da Av. Ipiranga logo ao cruzar pela 3ª perimetral no sentido centro-bairro, em frente ao campo do quartel (bem em frente a uma placa que sinaliza o movimento de ciclistas), enquanto eu pedalava pela pista da direita. Detalhe, TODAS as pistas da avenida estavam vazias, claro se fez que o ser desprovido de de um mínimo de inteligência ao volante, representando a empresa TUMELERO, o fez de propósito.

Claro também se faz que não estou em graves condições, mas com machucados e a bicicleta danificada. Também sei que caso eu vá até a polícia para tentar fazer justiça, serei tratado com total descaso, afinal, Porto Alegre é a cidade onde um só carro atropela mais de 20 pessoas ao mesmo tempo e nada acontece.

Obrigado TUMELERO! Obrigado prefeito de Porto Alegre!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

44 respostas para Mais um caso…

  1. Vá à sede da Tumelero, Matheus, e reclame, dê a placa, denuncie.

    • Vou fazê-lo. Com poucas esperanças de que algo aconteça, mas vou fazê-lo. Tive que colocar o post para desabafar… e usar como “propaganda” para a empresa.

      • Rafael disse:

        Vá sim à Policia! Não te prometo que seta vem tratado, nem que o motorista será punido. Mas quem sabe? No mínimo, com certeza, vc dará alguma dor de cabeça ao ogro, que poderá pensar 2 vezes na próxima.

        E mais, vc pode entrar no Juizado Especial com mais chances pedindo ressarcimento dos danos.

      • sarapoa disse:

        Mateus,

        eu mandei e-mail pra Tumelero, e hoje de manhã eles me ligaram pedindo mais informações. Acho que devem ter ligado pra ti também.
        O gerente me disse qeu o motorista não te viu, eu disse que era pior ainda ele não ver, pois se está dirigindo o mínimo é ver quem está na pista.
        Disseram que iriam tomar providencias, que já tinha localizado o motorista e que ele tinha sido encaminhado as psicólogas…

    • Geison Bauer disse:

      Prezado Matheus, bom dia
      Já identificamos o motorista e estamos averiguando o ocorrido, nosso gerente de transportes já deve ter conseguido entrar em contato com você ou com alguém de sua família para resolvermos este fato que lamentamos que tenho ocorrido.

      Att,
      Tumelero

      • Marcelo disse:

        A Tumelero poderia mostrar iniciativa e instalar bicicletários para seus clientes e funcionários em todas as lojas. E dar incentivos aos funcionários que forem de bicicleta.

  2. Felipe Koch disse:

    Acho que não te resta alternativa a não ser ir à polícia.

  3. Apoio os outros comentários.
    Desculpa ser franco, mas você postou em público para receber opiniões!
    O certo é que não adianta nada se martirizar se lamuriando na posição de vítima e por outro lado ser impotente e negligente com seus direitos, esta passividade não ajuda e nada em não acresce nada em sentido coletivo.
    Vá na Tumelero faça um caso, vá na polícia entre na justiça!
    No mais fico feliz que você esteja bem!! SAÚDE!! SORTE!!

  4. Melissa disse:

    Que droga, Matheus, mas como já disseram agora é hora de correr atrás. Não adianta ficarmos nos lamentando e não fazer valer nossos direitos. Uma dica: vai na Tumelero reclamar e se puder leva um gravador de voz ou câmera escondida. Aqui tem muitas vozes que podem te ajudar a fazer uma chuva de e-mails/ligações/etc. As empresas se preocupam muito com sua imagem, e a única coisa que eu acho que pode dar resultado, caso eles não façam por bem, é sentirem que isso queimou o seu filme.

  5. Melissa disse:

    Então vamos lá: RECLAMEM
    http://www.tumelero.com.br/Institucional/ouvidoria.aspx

    Eu mandei o seguinte e-mail para o SAC, Marketing e Recursos Humanos:

    Olá,

    Hoje um motorista dirigindo um caminhão da Tumelero atropelou um ciclista. Ele estava na Avenida Ipiranga quando o caminhão com a placa IFI-3054 o jogou pra fora da pista. Todas as pistas estavam vazias, o que leva a crer que foi proposital, até porque ele não parou para prestar socorros.

    Estamos divulgando esse caso na internet, sem ocultar o nome da Tumelero que é a empresa responsável. Por favor, tomem atitudes com esse motorista, essas coisas não podem ficar impunes!

    https://vadebici.wordpress.com/2011/11/19/mais-um-caso/

    Att,
    Melissa

    Twitter:
    @lojastumelero Motorista da Tumelero atropela ciclista propositalmente tinyurl.com/7uk688h E aí, que atitude a empresa vai tomar?

  6. artur elias disse:

    Algumas observações:

    – polícia não faz justiça (ou pelo menos não deveria fazer)

    – não vejo nenhum motivo pelo qual você poderia não ser tratado adequadamente quando for registrar a ocorrência; está em cada um de nós a capacidade de fazer valer nosso direito

    – se vai dar em alguma coisa é outra história, depende da Justiça, e tuas chances aumentam se tiver testemunha; isso não tem NADA a ver com o tipo de veículo (bicicleta, carroça, caminhão), é simplesmente como as coisas são (e é bom que sejam assim, do contrário qualquer pessoa pode alegar qualquer coisa contra qualquer outra pessoa)

    – não entendi o que é que o prefeito tem a ver com isso; um outro prefeito faria com este caminhoneiro automaticamente fosse melhor profissional e melhor cidadão?

    – o Ayres matou a questão, se lamuriar (ou acusar) na Rede não adianta nada (o fato de ser considerado comportamento “in” neste blog não muda isso), passividade não adianta nada, cidadania a gente faz agindo conforme princípios e lembrando aos outros que eles devem fazer isso tbém

    – a parte boa é que você anotou a placa; com isso, mais o local/horário, a empresa não tem como alegar não poder identificar o motorista; eles têm a obrigação de tomar alguma medida admnistrativa, e isso certamente é mais rápido e eficiente do que qualquer outra coisa

    boa sorte!

    • artur elias disse:

      Mais uma coisa.

      Passei por coisa semelhante há pouco tempo, pedi ajuda, mas acabei tendo que ir sozinho a um lugar bastante hostil. Ninguém dos que gostam de vociferar acusações na Rede teve coragem ou interesse de me acompanhar.

      Se você quiser companhia para ir pessoalmente fazer a reclamação na empresa, eu estou à disposição.

      arturelias 68 arroba gmail ponto com

  7. mario terrazas disse:

    já era, vai tumelero, fazer bo e o caralho, nao deixa assim pra motorista fdp, vamo ver ele rir (como deve ter rido ao ver o que te fez) ao ser notificado por fazer aquilo

  8. Faz o Boletim de Ocorrência em primeiro lugar.
    A partir disso pode ir até a tumelero para descobrir o nome do condutor, ou entrar com uma ação de tentativa de assassinato (explícito).
    Aliás, ali não tem câmeras de trânsito da EPTC???
    E mais, próxima massa critica teremos que passar na frente da tumelero ein? Podíamos antecipar ou algo do gênero…

  9. é por isso que tem gente que anda armada, porque chega um ponto da nossa sanidade mental que perde toda a razão ao deparar com pessoas como esse babaca que te “atropelou”… ainda bem que você não se machucou tanto, um amigo meu passou pelo mesmo problema e teve algumas fraturas, acho que nem pode pedalar ainda. Lamentável

  10. Diego Crusius disse:

    Pra mim quase todo mundo deveria andar de bicicleta ao invéz de carros. O problema é que o carro dá uma falsa sensação de poder, e todo mundo é idiota o suficiente pra dar importância a isso.

    Esses dias eu vi um carro só com dois lugares. Isso ajudaria mto no problema de engarrafamentos estúpidos de porto alegre. Pena que ninguém quer dirigir um carro assim pelo fator psicológico (andar com um carro tão pequeno e ser erroneamente ridicularizado, etc).

    Moto deveria ser permitida somente para motoboys.

  11. Christiano Witt disse:

    Sinceramente, acho que você deveria sim fazer o BO, o exame de corpo de delito, relatar os danos a bicicleta e se tinha algum amigo com você, levar como testemunha. Se você não o fizer, tal motorista se sentirá a vontade para continuar “brincando” com a vida dos outros e certamente achando graça e contando para seus amigos ignorantes com o se fosse uma coisa divertida de se fazer! Se não tinha motivo para tal, foi sim tentativa de homicídio. Boa sorte.

  12. Jeferson disse:

    Tem que pelo menos fazer BO e reclamar na Tumeleiro. Se possível, converse com um advogado e tente entrar na Justiça para que o sujeito pague o conserto da bicicleta e sofra alguma punição pela “dano moral”.

  13. Fernando disse:

    Como está o julgamento do Ricardo Neis? Foi o caso de atropelamento com maior repercussão e não tenho mais visto nenhuma notícia, se está preso, se está pagando indenização, se está atropelando… quanto tempo temos que esperar para ver um exemplo de punição? Alguém sabe em que pé está o julgamento? Quanto da poeira já baixou para que ele seja julgado com menos rigor?

    • artur elias disse:

      Que eu saiba, ele ficou preso algumas semanas, está sem habilitação, aguarda processo e julgamento, e tem sofrido muitas conseqüências práticas de seu ato tresloucado.

      Tudo isso só aconteceu porque pessoas se mobilizaram, tomaram para si seu direito de cidad@os, e fizeram o que precisava ser feito.

      Se tivessem ficado só reclamando na Internet o Neis não teria sofrido nenhuma conseqüência.

      • Fernando disse:

        Escutei uma história que ele foi transferido para trabalhar em outro estado, e que a pessoa que foi fazer a mudança dele se negou a fazer o serviço quando descobriu quem ele era. Escutei por ai, pode ser só uma estória, um boato, mas não duvido que tenha ocorrido de fato.

  14. Não tenho testemunhas. Estava pedalando sozinho, voltava de um treino no marinha. Minha bike arranhou a lateral da rabeta, bateu o câmbio traseiro e as rodas. Já re-regulei o câmbio e centrei as rodas. Tive as luvas completamente rasgadas por usar as mãos no chão evitando um tombo pior, as joguei no lixo. Uma batida na canela que sinto forte até então, mas nada de sangue. Pela agressão que sofri tive muita sorte.

    A poucos meses atrás em torno de 20 pessoas foram atropeladas com graves danos, evento seguido da mídia toda em cima e uma massa crítica gigantesca que fez a prefeitura tremer. O atropelador? Segue dirigindo por aí.

    Coloquei este post aqui pois sabia que a probabilidade da empresa fazer algo seria muitíssimo maior. Sem mais.

  15. Diego Alves disse:

    Boca no trombone forte!

  16. Felipe Koch disse:

    Matheus, recebi resposta do e-mail enviado a empresa:

    “Resposta da Ouvidoria
    Nome do Atendente:Alexandre Germann

    Mensagem:

    Bom Dia Sr. Felipe,

    Nossa empresa está ciente do caso mencionado, inclusive a gerência do setor de transporte já contatou a família do ciclista (o qual não se feriu), colocando-se a disposição e fornecendo toda a assistência necessária. O motorista do caminhão já foi identificado e as providências necessárias
    estão sendo tomadas.

    Agradecemos seu contato e colocamo-nos a disposição.

    Atenciosamente,

    Alexandre S. Germann
    Ouvidoria
    SAC: 51 3349.2211
    Tumelero Materiais de Construção S/A”

    Isso é verdade?

    • Não. Ninguém entrou em contato comigo ou com minha família. Aliás, me pergunto de que forma teriam meu contato ou o da minha família… Também me pergunto se realmente estariam dispostos a pagar por um quadro novo, o que eu duvido muito…

      • sarapoa disse:

        Mateus, eles entrariam em contato contigo se tu tivesse feito a reclamação e deixado o teu telefone, tu não fez isso?
        Eu acredito que seja possível eles te darem um quadro novo, mas tu tem que ir lá, te manifestar, pois pelo jeito todo mundo aqui reclamou, menos tu.

  17. artur elias disse:

    Me dá a impressão que tem várias pessoas mais interessadas (e mobilizadas de maneira prática, não apenas virtual) no desfecho desta história do que o próprio autor do post.

  18. Me dá a impressão que eu trabalho o dia inteiro e não tenho tempo para ficar postando comentários, se é que a não existência de comentários meus aqui signifique que não estou interessado no meu próprio caso.

    Já liguei para a empresa e esperei uns 10min no telefone para ser informado de que a pessoa que deveria falar comigo não poderia falar comigo no momento. Outros contatos virão.

    Por favor, não esperem que eu leia a todos os comentários ou responda-os prontamente. 🙂

    • Marcelo disse:

      Nem esquenta, Matheus, o Artur adora ficar julgando as pessoas baseado em especulações sem fundamento algum.

      • artur elias disse:

        Lamentável mais este ataque pessoal teu, Marcelo.

      • Marcelo disse:

        Não é um ataque pessoal. é uma crítica sincera e direta sobre os teus comentários, que considero ataques velados e muitas vezes injustos, onde emites julgamento sobre as outras pessoas sem ao menos conhecê-las, sem saber o que elas estão fazendo ou deixando de fazer (e porque ainda não o fizeram) fora do mundo virtual.

        Aqui no blog já disseste também que “os críticos de plantão” deveriam descer da arquibancada e tentar fazer alguma coisa, mas sem saber o que esses “críticos” estão fazendo ou deixando de fazer. O fato da pessoa criticar e reclamar quando vê algo que acha errado, não quer dizer que ela não esteja fazendo alguma coisa de prática, pelo contrário, na minha experiência pelo menos, as pessoas mais críticas são as que eu mais vejo fazendo coisas para o bem comum. Eu não te conheço pessoalmente e não vou sair por aí dizendo que tu só sabes criticar os outros e não faz nada de produtivo, porque eu não sei o que fazes no teu dia-a-dia, pode ser que faças mais coisas do que eu, e eu estaria sendo injusto ao te criticar. E eu espero também que tu não cometas injustiças contra outras pessoas.

  19. Veloster disse:

    Bah, me desculpe mas se não reclamou diretamente para a Tumelero ou não deixou telefone de contato, não registrou B.O, não teve nenhuma testemunha em plena Ipiranga 11:20 da manhã, centrou a roda, regulou o câmbio, jogou as luvas rasgadas fora…. por favooorrr. Posta um assunto desse só se a empresa negar a te atender ou auxiliar. Mobiliza todo mundo aqui do blog e na realidade não fez nada do que teria de fazer???

  20. Claudio disse:

    E eu concordo com os comentários do Sergio Surdo. Só nao ouve quem nao quer.
    E um abraço ao Sergio, do Claudio da zona norte.

  21. Eduardo disse:

    Triatleta…

  22. Melissa disse:

    Olhem a resposta que a Renata recebeu:

    Bom Dia Sra. Renata,

    O caso já foi encaminhado a gerência de transportes para que seja resolvido e prestada toda a assistência necessária.

    Exclarecemos que em nenhum momento o Sr. Mateus entrou em contato com a Tumelero
    informando o caso ou buscando auxílio. A Tumelero localizou um telefone celular na rede social, onde nos atendeu a namorada do ciclista informando que ele está trabalhando e que não há outro telefone que possamos fazer contato.

    Desta forma deixamos o telefone e nome da gerência de transportes para que o Sr. Mateus faça contato e possamos auxilia-lo.

    Agradecemos seu contato e colocamo-nos a disposição.

    —-

    Pô, Mateus, o que está acontecendo?

    • Repito meu comentário anterior:

      “Já liguei para a empresa e esperei uns 10min no telefone para ser informado de que a pessoa que deveria falar comigo não poderia falar comigo no momento. Outros contatos virão.”

      E faço deste o meu último. Eu não previa uma guerra verbal entre as pessoas aqui e nem pedi por ajuda, mas ainda muito grato a aquele(a)s de bom coração que o fizeram. Meu intuito com o post foi *UNICAMENTE* para mostrar que ainda existem em Porto Alegre casos onde tentam acertar ciclistas propositalmente nas ruas.

      Aos que incrivelmente interpretaram a notícia como uma agressão de minha parte e não do caminhão, o que dizer… “Ok”. 🙂

      Já ao jovem Eduardo ali em cima com o seu comentário construtivíssimo, acho melhor eu me silenciar…

      Bom pedal aos de bem.

      • Melissa disse:

        Ok, mas eu acharia legal que você atualizasse as pessoas que te ajudaram a fazer voz, eu pelo menos gostaria de saber o retorno deles. Sabe como é, “a união faz a força”, e eu acho que esse blog tem potencial de ser um canal para que pessoas que atropelaram ciclistas (motoristas de empresa, taxistas, ônibus, etc) sofram as consequências da agressão por meio de manifestação de muitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s