Coronel Marcos

Estive hoje pedalando na Coronel Marcos.
Está toda com asfalto novo e tive a impressão que a medida em cada lado está com uma faixa e meia.
Me pareceu que está com uma largura ideal para colocar uma ciclofaixa e cada lado lá.
E seribe legal quedaria para juntar a ciclovia de Ipanema com a Wencelau Escobar até a Diário de Notícias e a Icaraí, daí seguindo até a Ipiranga e a Loureiro da Silva pela Evaldo Pereira Paiva.
Daí, integrado com o Cais do Porto dá para juntar pela Castelo Branco e pela Voluntários da Pátria até a Sertório.
Se isto acontecer teremos um bom núcleo inicial de ciclovias juntado a zona sul com o centro, a zona norte e a zona leste da cidade.
Vale a pena defender este projeto.
E acho que é um bom momento para pedir pelo projeto da Coronel Marcos agora que ela está sendo mexida!
Vamos levar este assunto para a EPTC!!

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

21 respostas para Coronel Marcos

  1. Pablo disse:

    A ideia da Coronel Marcos é muito boa.
    Já na Castelo Branco, conforme determina o CTB, o trânsito de bicicletas não é permitido.

    • Aldo disse:

      Podes indicar em que item do CTB, Pablo?

      • airesbecker disse:

        A Castelo em Branco em si é a indicação do local, não quer dizer que a ciclofaixa seja colocada na faixa de rolamento como ela lá existe, mas acontece que alí há espaço disponível, junto ao muro do trensurb e junto ao porto. Alí tem onde fazer uma obra de ciclovia que juntaria a zona norte, a saída do Guaíba e o acesso da zona metropolitana. Mas parece que idéia da prefeitura é a colocação de ciclovia nesta região pela Voluntários da Patria.

      • Olavo Ludwig disse:

        Não é permitido o trânsito de bicicletas em avenidas de trânsito rápido, são avenidas com velocidades de 80km/h art. 244, mas se tiver um espaço exclusivo pode. Em estradas pode, é permitido na Freeway.

      • pedrolunaris disse:

        Olavo, não sei não quanto a freeway, antes do primeiro pedágio de quem sai de Porto tem uma placa dizendo que é proibido andar de bici.

      • Olavo Ludwig disse:

        Pedro aquela placa está lá ilegalmente.

  2. Fabrício Viscardi disse:

    gostei muito dessa idéia da coronel marcos. Passei minha infância toda pedalando por ali e quase sendo atropelado!

  3. Sergio Surdo disse:

    Referente a afirmação do Pablo Weiss. Em Direito, entendo apenas o básico. Entretanto sempre dizem que “o direito de ir e vir é sagrado”. Por que em alguns lugares o trânsito de bicicletas não é permitido então? Na free-way é a mesma coisa, todavia já cansei de ver ciclistas trafegando nela, inclusive eu próprio já andei por lá. Por essas e por outras, tenho certeza de uma coisa: o Brasil é um país de paradoxos. Incrível.

  4. Aldo disse:

    Todas as ruas e avenidas constantes no Plano Cicloviário deveriam considerar o trânsito de bicicletas quando sofressem intervenções. Mas isto não está acontecendo.

    Nas reuniões com os ciclistas, a EPTC tira o corpo fora pois o assunto é com a SMOV.
    Esta ignora o trânsito de ciclistas e nem sequer comunica a EPTC quando pretende intervir em uma via específica (pelo menos é o que a EPTC diz).

    A saída para este impasse talvez passe por um pedido de informações ao Prefeito sobre a questão das intervenções que a SMOV vem promovendo nas vias públicas passando por cima do Plano Diretor Cicloviário de Porto Alegre.

  5. airesbecker disse:

    Acho que é caso de protocolarmos um pedido de audiência com o prefeito.
    Vamos formar um grupo em comissão e pedir na prefeitura.

  6. Fernando Filho disse:

    Eu tentei pedalar uma vez na zona portuária para apreciar a vista, em direção a Ponte do Guaíba e na primeira cancela após a entrada pela Mauá fui barrado. Tive que voltar. Muito bom seria se houvesse a possibilidade de pedalar dali da Mauá até a futura Arena do Grêmio, pois a vista ali é muito bonita. O que poderia até revitalizar essa zona e facilitar o acesso à Zona Metropolitana, como disse o airesbecker.

    • favoviscardi disse:

      a idéia do Fernando parece boa também. Aquele espaço de paralelepípedo entre a mauá e os galpões está locado para uma empresa de estacionamentos, não é isso? Algum tipo de ciclovia poderia sair ali sem prejudicar a estética da cidade, e já juntava o sarandi com o centro sem ter que passar pela mauá (muito rápida).

    • pedrolunaris disse:

      Tem muita gente das Ilhas (Bairro Arquipélago) que vem de bici para o Centro da cidade, ou a pé. Tem muita gente que não tem condições nem de pagar a passagem do ônibus. Mas não tem muito como essas pessoas andarem legalmente por aquelas vias de alta velocidade. Ali é um dos poucos lugares onde Ciclovia é, na minha opinião, essencial. No geral eu sou muito mais favorável às ciclofaixas. E, além disso, é vital que se construa a possibilidade de pedestres circularem com mais segurança onde não há um espaço previsto para a circulação a pé.

      Mas mesmo sendo ilegal eu já exerci minha Desobediência Civil várias vezes quando trabalhava nas Ilhas acompanhando grupos de jovens! 😀

  7. Olavo Ludwig disse:

    Nas reuniões com a EPTC o Régulo afirmou que não teria problema em pintar as ciclofaixas quando seguindo calendário da SMOV, como aconteceria na Icaraí.

    Quando soube alguns dias atrás desse asfalto novo previsto para a Coronel Marcos, eu mandei um e-mail para o Régulo, Lisandra e o Cappellari, mas não se deram o trabalho de me responder.
    Eu sugiro que todos enviem e-mails cobrando isso.
    vanderleicappellari@eptc.prefpoa.com.br, rferrari@eptc.prefpoa.com.br, lflimas@eptc.prefpoa.com.br, fortunati@fortunati.com.br

  8. airesbecker disse:

    Eu acho que esta política do atual prefeito de que todos os modais de tráfego são prioritários é uma balela sem tamanho.
    E a prioridade não pode ser de discurso.
    Ora, a prioridade está nas ruas e basta olhar por uma janela e ver qual é!!
    O ciclismo não tem qualquer prioridade.
    E se seguir assim vamos acabar jogando uma bicicleta branca na porta da prefeitura lamentando a morte de alguém.
    Este prefeito é na verdade um grande negligente com tudo o que pode ser feito ele faz o mínimo.
    É o mínimo para manter um discurso furado.

  9. Aldo disse:

    O United States Department of Transportation estabeleceu políticas de transporte a pé e de bicicleta que devem ser observadas pelos governos locais.

    Essas recomendações traduzem princípios de boa administração em termos de atingir a todos os cidadãos, promover melhorias para a sociedade e da eficiente utilização de recursos. Ou seja, podem ser utilizadas como valiosas dicas por qualquer governo de qualquer cidade do mundo. Ressalto as seguintes:

    – Considerar andar a pé e de bicicleta no mesmo nível de outros modais de transporte;
    – Elas são formas eficientes de transporte para curtas distâncias. Por causa dos seus benefícios, os governos devem dar a mesma prioridade a esses modais que é dada aos de transporte motorizado, e não devem ser considerados apenas após os projetos das vias de tráfego;
    – Assegurar-se que há meios para se caminhar ou andar de bicicleta, de forma segura e eficiente, para pessoas de todas as idades e habilidades, especialmente crianças.
    – Ir além dos padróes mínimos para calçadas e ciclovias, para evitar a necessidade de ampliação no futuro devido ao previsível aumento da utlização destes meios de transporte.

    extraído e traduzido de forma livre de
    http://www.fhwa.dot.gov/environment/bikeped/policy_accom.htm

    • pedrolunaris disse:

      Demais, Aldo! Destaco “devido ao previsível aumento da utilização desses [bicicleta e caminhadas] meios de transporte”.

      Grato por compartilhar!

  10. Eduardo disse:

    E a nova ponte do Guaíba? Será q terá um acostamento ou faixa para trânsito de bicicletas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s