Tétrico trânsito em transe…

Caixinhas de espaço privado

Pintado e controlado

Iluminadas com luz elétrica

 

Mas a situação é tétrica

 

Caixinhas que são castelos

Os guardas faróis amarelos

Iluminados com luz elétrica

 

Mas a situação é tétrica

 

Caixinhas capitalistas

Nas vias socialistas

Iluminadas com luz elétrica

 

Mas a situação é tétrica

 

Caixinhas de consumismo

Com todo seu egoísmo

Iluminado com luz elétrica

 

E a situação é tétrica

A situação é tétrica

É, sim, tétrica a situação

Tão tétrica que nos leva, meu irmão

À insanidade, de verdade.

 

Por isso, não buzines, meu irmão,

Porque já basta o inferno como está…


Poema de André Castro

About these ads
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Tétrico trânsito em transe…

  1. Sidinei Luis Haefliger disse:

    Oi, publiquei sua poesia em meu modesto blog. Claro que teu nome está lá. Ficou ótima, abraços. http://luinigena.blogspot.com/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s